Vanda Milani defende aprovação de crédito suplementar ao governo federal

No pronunciamento, a deputada destacou que o próprio presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, já havia adiantado que o tema “faz parte da preocupação do Congresso Nacional” – Foto: Da Assessoria

Em discurso, a deputada Vanda Milani (SD) defendeu, esta terça-feira,11, em Brasília, a aprovação do PLN (Projeto de Lei do Congresso Nacional) n°4 que garante crédito suplementar de R$ 248 bilhões com a emissão de títulos do Tesouro Nacional para o equilíbrio das contas públicas. Sem a aprovação do PLN 4, lembrou a parlamentar, o governo federal já sinalizou que não haverá recursos para aposentadorias, Bolsa Família, salários “ e muitas outras obrigações governamentais de enorme dimensão e consequências sociais”.

No pronunciamento, a deputada destacou que o próprio presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, já havia adiantado que o tema “faz parte da preocupação do Congresso Nacional”. Milani alertou que sem o crédito suplementar, o governo federal ficará sem dinheiro para pagar projetos que dependem do valor extra como o Plano Safra. ”O Ministério da Cidadania já adiantou que, sem o aporte extra, vão faltar recursos para honrar o pagamento de 2 milhões de idosos dependentes do Benefício de Prestação Continuada- o BPC”, ressaltou.

Regra de Ouro

De acordo com Vanda Milani, o objetivo claro da aprovação do PLN4 é evitar descumprir a chamada ‘Regra de Ouro’, que impede o Governo Federal de se endividar para pagar despesas correntes como Previdência Social e benefícios. Segundo Vanda Milani, é hora de pensar no Brasil e agir de forma suprapartidária com compromisso com a nossa população. “ Tenho certeza que o espírito cívico, a costumeira responsabilidade e o patriotismo característico de deputados e senadores vão assegurar a aprovação desta matéria”, resumiu a deputada.

Da Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *