Secretaria de Estado de Comunicação é parceira no Encontro Chico Mendes 30 anos

Reunião selou a parceria entre a Secom e os organizadores do Encontro Chico Mendes 30 anos – Foto: Arison Jardim

Assassinado há quase 30 anos, o maior ambientalista da América Latina, Chico Mendes, vive nos corações e ideias daqueles que acreditam e defendem políticas de desenvolvimento sustentável. O evento que rememora a data e o legado de Chico em defesa da Amazônia será promovido de 15 a 17, em Xapuri.

O “Encontro Chico Mendes 30 anos: uma memória a honrar. Um legado a defender” conta com a parceria e apoio da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) e Fundação Fundação Aldeia de Comunicação (Fundac), que integram o grupo de instituições responsáveis por divulgar esse momento histórico.

Nesta terça-feira, 11, a secretária de Comunicação, Andréa Zílio, reuniu-se com a jornalista socioambiental Zezé Weiss, com o presidente do Conselho Nacional de Seringueiros (CNS), Joaquim Belo, com o presidente da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), Sérgio de Carvalho, e demais comunicadores do Comitê Chico Mendes, Embrapa e instituições parceiras, para definir o planejamento de trabalho durante o encontro.

“O Encontro Chico Mendes 30 anos representa um grande momento de reconhecimento de todo o legado e conquistas dessa luta, reunindo tantos nomes que protagonizaram momentos importantes do nosso Acre, que refletiram no Brasil e no mundo. A equipe da Secom e Fundac também se integra aos organizadores para colaborar com o trabalho de registro e divulgação de tudo que ocorrerá nesses três dias”, ressaltou a secretária.

Zezé Weiss, que é secretária executiva do encontro, agradeceu a parceria com o Estado. “Sem essa parceria esse evento teria uma repercussão e uma capacidade de ecoar os ideais e a voz do Chico pelo mundo muito menor. Nós da organização estamos extremamente felizes com a participação da Secom, pois Chico Mendes continua vivo graças a nossa parceria”, frisou.

Pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo são aguardadas para o Encontro Chico Mendes 30 anos, que vai reunir no interior do Acre lideranças extrativistas e ambientalistas renomados.

Para o presidente do CNS, Joaquim Belo, o evento agrega três gerações. “Promoveremos um encontro de gerações: uma geração que construiu essa luta lá atrás e está aí para contar essa história, outra que vem consolidando esse ideal e os jovens que os grandes responsáveis por tocar esse legado no futuro.”

Programação

Durante os três dias, os visitantes terão acesso a uma vasta programação, montada para relembrar quem foi o líder seringueiro e seu legado em defesa da preservação da floresta aliada ao desenvolvimento sustentável.

No sábado, 15, em Xapuri, a programação se inicia às oito da manhã com falas de aberturas de importantes representatividades acreanas, brasileiras e mundiais. Em seguida, às 9 horas, será feita a leitura de um poema declamado por Lívia Mamede, bisneta do seringueiro.

À noite, o governador Tião Viana realiza a entrega do Prêmio Chico Mendes de Florestania a personalidades que contribuem com o desenvolvimento sustentável, bandeira defendida pelo mártir ambiental.

A programação inclui ainda a inauguração da Exposição Chico Mendes Herói do Brasil, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (STTR Xapuri), e uma romaria ao túmulo do ativista, além de uma tarde dedicada a ouvir as vozes das Mulheres da Floresta.

Agência Notícias do Acre