Política

Política

Bestene promove profissionais da área de saúde mental em sessão solene na Aleac

Por iniciativa do deputado José Bestene (PP), a Aleac realizou nesta quinta-feira, 10, uma sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Saúde Mental. O evento reuniu profissionais e autoridades deste setor tão sensível para as famílias e à sociedade de modo geral.

Bestene lembrou que durante sua gestão como secretário estadual de Saúde teve uma entrevista com o ministro da Saúde, o acreano Adib Jatene, que liberou recursos para a restauração do Hospital da Saúde Mental do Acre (Hosmac) e para a implantação do sistema de Hospital Dia.

O Dia Internacional da Saúde Mental foi criado em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental para chamar a atenção do público para esta doença que já é comum em todos os povos, indiferente às barreiras nacionais, culturais, políticas ou socioeconômicas.

O secretário municipal de Saúde de Rio Branco, Otoniel Almeida, esclarece que o Dia Internacional da Saúde Mental é muito importante por dar publicidade a um problema que já é considerado a doença do século. “Vai desde pequenos transtornos aos mais graves que podem levar ao suicídio”, comenta ele.

Otoniel lembra que a Prefeitura de Rio Branco faz o seu próprio esforço garantindo atendimento a crianças e adolescentes em conflitos com a lei e contratando profissionais para apoio das casas terapêuticas onde foram atendidos mais de 8 mil dependentes de álcool e outras drogas nos últimos sete meses.

A enfermeira Tereza Jesus Canudo de Souza, da Comissão de Saúde Mental do Conselho Regional de Enfermagem do Acre (Coren), afirma que os transtornos mentais podem estar ligados a todas os conflitos familiares ou sociais e as desigualdades. “Tudo contribui para com as doenças mentais de forma que todos os setores do Estado devem participar do atendimento, como assistência social, educação, direitos humanos e segurança pública entre outras. A Saúde, sozinha, não é capaz de atender a demanda”, argumenta ela.


gow banner p20