Polícia

    Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada de 14 anos em Cruzeiro do Sul


    Na delegacia, suspeito nega que tenha abusado sexualmente da enteada. Adolescente disse, em depoimento, que abusos aconteciam há anos

    Um homem foi preso preventivamente, na manhã de quinta-feira (21), em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, suspeito de estuprar a enteada de 14 anos.

    De acordo com o delegado Alexnaldo Batista, que investiga o caso, a adolescente denunciou o padrasto há pelo menos dois meses e ele estava foragido. A denúncia foio feita após a menina contar para os pais o que estava acontecendo.

    “Ela denunciou. A família trouxe ela à delegacia e diante disso foi pedida a medida protetiva e também a prisão desse cidadão. Ela relata que foi mais de uma vez e acontecia há vários anos, mas não disse o tempo específico”, contou o delegado.

    A prisão ocorreu na cidade da Justiça, quando o suspeito foi prestar um depoimento [a polícia não informou o motivo], mas, algumas pessoas teriam reconhecido ele e chamaram a polícia que montou uma operação e foi até o local e prendeu o homem.

    Na delegacia, ele foi ouvido e negou que cometeu os abusos contra a adolescente. A polícia não informou se o laudo que comprovaria o estupro já foi concluído.

    Image
    Image