..::data e hora::.. 00:00:00

Geral

Artesãos do Acre participam da Feira Nacional de Artesanato em Minas Gerais

O artesanato do Acre é destaque por onde passa. Desta vez, está em exposição na Expominas, centro de eventos em Belo Horizonte (MG), na 31ª Feira Nacional de Artesanato. A secretária de Estado de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique, destaca a importância da presença dos artesãos acreanos no evento.

“Nosso artesanato é riquíssimo, muito valioso no mercado nacional e internacional e o contato dos artesãos com a clientela é fundamental para negociações, de modo que possam mandar seus produtos para outros lugares do Brasil e do mundo”, observou a secretária.

A artesã do Acre, Regina Maia, fechou encomenda com a empresa Tok Stok – para a fabricação de 80 peças luminária pendente em crochê. “As feiras que participamos geram oportunidades de negócios para o artesanato acreano”, comemorou a artesã.

artesanato 002 webRegina Maia, artesã do Acre na Expominas Fotos: Cedida

De acordo com Suelany Paiva, coordenadora de Artesanato da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo do Estado, com a pandemia, os artesãos estavam sem oportunidade para vender seus produtos devido ao isolamento social e às dificuldades com entrega devido ao alto custo do frete. Mas a feira, única exposição de que os artesãos participaram neste ano, tem propiciado um bom retorno: “O nosso estande tem sido bem procurado desde a abertura do evento”, relata Suelany.

A Expominas teve início no dia 1º, terça-feira, e segue até o dia 6 presencialmente. Nesta edição, pessoas que não puderem ir ao evento terão a chance de fazer uma visita virtual à feira por meio de uma plataforma inovadora e interativa, por meio da qual será possível conhecer os trabalhos e entrar em contato diretamente com os expositores.

Cada estande será registrado com imagens, formando uma visão 360º de todo o evento. Será uma gravação real da feira, assim como é feito, por exemplo, no Google Street View, propiciando que o visitante tenha a sensação de estar realmente passeando no local.

A feira virtual vai indicar os contatos para que a compra ocorra direto com o artesão, sem intermediários ou taxas. Além de disponibilizar os produtos por 12 meses, a plataforma servirá também para prospecção no mercado internacional.

De acordo com Suelany, na edição anterior da Expominas, os artesanatos acreanos tiveram destaque e fizeram um faturamento total de mais de R$159 mil, garantindo o primeiro lugar em vendas e em peças produzidas. Os dados são divulgados pelo Ministério da Economia.

Image
Image

logo news2