Geral

Geral

Universidades bolivianas suspendem aulas para segurança de estudantes brasileiros

O deputado federal Alan Rick (DEM) enviou, na quinta-feira passada (30), ofícios ao Itamaraty, à Unifranz e à Universidad Técnica Privada Cosmos (UNITEPC).

Nestes ofícios, o acreano solicitou que, devido à situação de violência na Bolívia durante o “Paro Nacional”, os estudantes brasileiros pudessem continuar os estudos após o fim das manifestações ou em ambiente online.

No mesmo dia, a UNITEPC divulgou comunicado assinado pelo Vice-Reitor de Cochabamba, Dr. Ramiro Torres, onde afirmou que as aulas passariam a ocorrer em ambiente virtual enquanto durarem os bloqueios, com as práticas agendadas para os finais de semana, a depender da situação social do momento. Já a Unifranz, em ofício enviado diretamente a Alan Rick e assinado pera Reitora Nacional Arq. Desa Verónica de Pazos, comunicou que suspenderia as atividades acadêmicas por completo até que a situação se normalize.

“Com as tensões se acirrando em nossos vizinhos, considero muito importante zelar pelos nossos estudantes brasileiros. Do outro lado da fronteira, muitos não têm sequer condição de voltar para casa, pois, em um momento de convulsão social, os serviços que continuam funcionando são altamente inflacionados e limitados”, disse Alan Rick. “Aguardo resposta do Itamaraty, pois pedi que os Consulados brasileiros em Cochabamba e Santa Cruz se coloquem à disposição de nosso povo”, completou o deputado.


gow banner p20