Cultura

    Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2020

    Inscrições são gratuitas e os escritores podem concorrer com obras inéditas nas categorias Conto e Romance

    As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura foram abertas. Autores estreantes podem inscrever suas obras inéditas nas categorias Romance ou Conto. Os interessados têm até 20 de fevereiro para concluir o processo de inscrição, que é gratuito e online. http://www.sesc.com.br/portal/site/premiosesc.

    Desde a sua criação, mais de 14 mil livros foram inscritos e 29 novos autores foram revelados. Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares. No ano passado, houve recorde de inscritos, com 1.969 obras, sendo 1.043 romances e 926 livros de contos.

    O prêmio

    As obras pré-selecionadas são enviadas para as comissões finais, que são compostas por duas pessoas responsáveis pela categoria Conto e duas pela categoria Romance. O anonimato das obras é resguardado até o anúncio do resultado final.

    Lançado pelo Sesc em 2003, o concurso identifica escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. Além de inclui-los em programações literárias do Sesc, o Prêmio também abre uma porta do mercado editorial aos estreantes.

    Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares. Desde a sua criação, mais de 14 mil livros foram inscritos e 29 novos autores foram revelados. Nesta edição, os autores estreantes podem inscrever suas obras inéditas nas categorias Romance ou Conto.

    A premiação foi criada em 2003 e se consolidou como a principal do país para autores iniciantes. No ano passado, houve recorde de inscritos com 1.969 obras, sendo 1.043 romances e 926 livros de contos.

    Vencedores

    Em 2019, na sua 16ª edição, o Prêmio Sesc de Literatura premiou os escritores João Gabriel Paulsen, de Minas Gerais, com seu livro “O doce e o amargo”, na categoria Conto, e Felipe Holloway, de Mato Grosso, com a obra “O legado de nossa miséria”, na categoria Romance. Essa edição recebeu 1.969 inscrições, número recorde de participação, sendo 926 coletâneas de contos e 1043 romances. A avaliação final foi das comissões formadas pelos escritores e críticos literários Ana Miranda, Tércia Montenegro, Verônica Stigger e Júlian Fúks.

    Inscrições no site http://www.sesc.com.br/portal/site/premiosesc.

    Image
    Image