Secretaria de Saúde busca parcerias com Corpo de Bombeiros e Exército Brasileiro

Objetivo é beneficiar principalmente as comunidades dos municípios mais afastados – Foto: Assessoria Sesacre

O governo do Estado vem buscando parcerias para melhorar o atendimento em toda rede pública de saúde. Na quinta-feira, 16, o secretário Alysson Bestene se reuniu com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Carlos Batista, e com o tenente-coronel, Costas Prates, comandante do 4º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) do Exército Brasileiro, para definir ações que serão desenvolvidas em parceria.

“Nosso governo tem uma característica especial que é o trabalho em parceria. Sabemos que a superação das dificuldades e as melhorias na Saúde, acontecem quando unimos forças e trabalhamos com o mesmo objetivo”, disse o secretário.

O objetivo é beneficiar principalmente as comunidades dos municípios mais afastados, mas também, fortalecer ações importantes que já são desenvolvidas como, por exemplo, o Samu. “Essas parcerias são importantes para que possamos beneficiar as pessoas que mais precisam. O Exército estará sempre disponível para colaborar com ações voltadas para o bem da população”, afirmou o comandante do 4º Bis, tenente-coronel, Costas Prates.

Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Batista, a parceria com a Sesacre trará muitos benefícios para a população acreana. Para ele, essa união de esforços é importante para a superação das dificuldades e a melhoria da Saúde.

“A união de esforços é necessária para que possamos superar os problemas e contribuir para a melhoria de vida da população. Nossa corporação tem muito a contribuir, principalmente se pudermos unir forças com outras instituições, como por exemplo, a Sesacre”, destacou.

A expectativa é que nas próximas edições do Saúde Itinerante a parceria com o 4º Bis, já seja colocada em prática. A Sesacre será parceira na realização da Ação Social do Exército nos municípios. Com o Corpo de Bombeiros, várias ações na capital e no interior serão desenvolvidas.

Agência Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *