Representantes do Sistema Estadual de Meio Ambiente se reúnem em Rio Branco

*Viviane Teixeira

Com a proposta de apresentar as políticas ambientais do estado do Acre à sociedade, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) organizou um workshop no Centro de Convenções da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Durante toda esta segunda-feira, 10, representantes das instituições que compõem o Sistema Estadual de Meio Ambiente estarão reunidos apresentando o detalhamento das ações que têm como foco a melhoria da qualidade de vida de produtores, ribeirinhos e da sociedade em geral. A atividade faz parte da programação do Mês do Meio Ambiente.

“Temos um patrimônio gigantesco na área ambiental que precisa ser explorado e revertido em benefício para a sociedade. Estamos desenvolvendo atividades durante todo este mês com o tema de preservação ambiental em uma ótica nova que casa preservação ambiental com produção”, explicou o vice-governador Major Rocha.

Estão sendo realizados minicursos e mesas redondas sobre as unidades de conservação e desenvolvimento do estado; avanços no licenciamento como suporte à nova política de governo; educação ambiental e agroecologia, e também referentes ao manejo florestal sustentável como alternativa para o desenvolvimento, na qual se discute concessões e o manejo madeireiro.

“Esta é um oportunidade para que possamos compartilhar com a sociedade as práticas executados pela secretaria. Ressaltamos a importância das parcerias, o meio ambiente é um tema transversal que abrange vários aspectos. Conservação, preservação e desenvolvimento com responsabilidade só pode acontecer a partir do momento em que todas as instituições públicas e privadas passem a atuar de forma sinérgica”, destacou a diretora da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Daniele Formiga.

Foram montados estandes para demonstrar a forma como a secretaria trabalha em diversas divisões, desde a de floresta, de conservação da biodiversidade, educação ambiental e de gestão territorial.

A explanação da política de gestão ambiental e territorial no estado também faz parte dos temas discutidos durante o workshop. No período da tarde, serão desenvolvidas outras atividades. Uma mesa redonda sobre os desafios da gestão dos recursos hídricos na Bacia do Rio Acre e uma oficina referente à metodologia de regularização ambiental para uso do catálogo do sistema agroflorestal.

“A preservação ambiental começa com responsabilidade e seriedade. O governo do Estado está executando uma campanha de regularização fundiária. Estamos realizando mutirões para integrar as ações e atingir um número maior de beneficiários”, completou o presidente do Instituto de Terras do Acre, Israel Machado.

Agência de Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *