Prefeitura amplia acesso ao Teste da Mãezinha na rede municipal de saúde

Serviço antes ofertado somente na Policlínica Barral y Barral e passa a ser disponibilizado também nas URAP’s – Foto: Assis Lima

Por orientação da prefeita Socorro Neri, o serviço antes ofertado somente na Policlínica Barral y Barral, também passa a ser ofertado nas Unidades de Referência de Atenção Primária – URAP’s.

A Prefeitura Municipal de Rio Branco, lançou nesta sexta-feira, 17, a ampliação do acesso ao “Teste da Mãezinha” para as demais Unidades de Referência da rede municipal de saúde. O lançamento ocorreu na URAP Vila Ivonete e vai possibilitar às gestantes o direito de realizar gratuitamente a triagem das doenças Toxoplasmose, Hepatites B e C, além da Eletroforese de Hemoglobina que é um exame realizado para medir e identificar os diferentes tipos de hemoglobina que podem ser encontrados no sangue.

O serviço ofertado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) desde de agosto do ano passado, era feito somente na Policlínica Barral y Barral. Por orientação da prefeita Socorro Neri, passará a ser realizado nas demais Unidades de Referência do Município.

A Policlínica Barral y Barral realiza 2.412 atendimentos mensais para gestantes, entre consultas de pré-natal, exames laboratoriais, ultrassonografia obstétrica, além do “Teste da Mãezinha”, implementado pela Prefeitura para auxiliar na qualidade da assistência e detecção precoce às doenças de transmissão mãe/filho.

Fernando Saab, diretor do laboratório Vitalab Brasil, responsável pelo processamento dos exames participou da solenidade. “Trata-se de uma tecnologia nova para descentralizar os serviços. Rio Branco, na região Norte, é o município que está com maior avanço nessa modalidade”, frisou.

Maria Jesuíta Arruda da Silva, secretária municipal de saúde em exercício, disse que a decisão da prefeita Socorro Neri e do secretário Oteniel Almeida, permite que a gestante faça seu exame na URAP do seu seguimento. Isso é mais vida preservada”, observou.

Assessoria PMRB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *