Prefeita Socorro Neri abre festividades do Calendário Junino 2019

Ao som da tradicional canção de Luiz Gonzaga “Olha pro céu, meu amor”, a prefeita de Rio Branco Socorro Neri declarou aberto o Calendário Junino 2019, durante o Esquenta Junino, realizado no sábado, 27, na Gameleira. Antes disso, a chefe do poder executivo municipal visitou as 10 quadrilhas juninas, enquanto se arrumavam para o grande espetáculo.

Foto: Assis Lima

O evento, que contou com a presença do deputado estadual Daniel Zen, do vereador Rodrigo Forneck, e do diretor-presidente da Fundação Estadual Elias Mansour, Manoel Pedro de Oliveira, é realizado pela Liga de Quadrilhas do Acre (Liquajac), e pela gestão municipal, por meio da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

Dentro do calendário, constam os Arraias nas Comunidades, que serão promovidos em diversos bairros da cidade, e o tradicional Circuito Junino de Rio Branco, que será divido em três etapa, durante o mês de junho: 14, 15 e 16, no Quadrilhódromo, ocasião em que o novo espaço será entregue pela Prefeitura ao movimento junino; 22, 23 e 24, na Praça da Juventude da Cidade Nova; e 28 29 e 30, novamente no Quadrilhódromo.

“Esse Calendário Junino vai ficar para a história, pois ele anuncia o melhor Circuito Junino da cidade de Rio Branco, não tenho dúvidas disso. Nós vamos inaugurar juntos, na primeira etapa, o Quadrilhódromo. Além de outros espaços que estão sendo organizados, construídos e entregues em breve para as quadrilhas juninas”, informou a prefeita Socorro Neri.

Ressaltou, ainda, a importância de investir em Cultura, mesmo em meio à crise: “São nestes momentos que, mais do que nunca, devemos valorizar essa pasta.  Por isso, na próxima terça-feira, 31, lançaremos o Edital do Fundo Municipal Cultura – Área de Patrimônio Cultural, com recurso do tesouro municipal, no valor de R$ 390 mil. Na sequência, vamos lançar outros editais, de modo a totalizar um investimento de R$ 1,1 milhão. Tenho certeza que tudo o que fizermos pela cultura do nosso município trará um retorno positivo de curto, médio e longo prazo”, destacou.

Foto: Assis Lima

O presidente da FGB, Sérgio de Carvalho, afirma que esses eventos juninos fomentam a economia criativa da cidade. “São muitas pessoas envolvidas diretamente, desde costureiras, a dançarinos, além dos indiretos, como as pessoas que vendem comidas típicas nas barraquinhas. Esse é um movimento grande, que passa o ano todo se preparando para levar sua arte à população durante essa época junina”, pontua.

Homenagem

Além das apresentações, o Esquenta Junino foi marcado por uma bela homenagem ao professor de dança Alex Matos, que faleceu em fevereiro de 2018, vítima de pneumonia. A família do dançarino esteve no local e se emocionou com as palavras de Karla Martins e Danilo Guimarães.

“O Alex foi uma pessoa que contribuiu muito com o movimento, inclusive fez parte da quadrilha que eu comecei. Tenho certeza que de onde ele estiver agora, está sorrindo dele vendo tudo isso”, disse o presidente da Liquajac, Jimy Lima.

Assessoria PMRB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *