..::data e hora::.. 00:00:00

Política

Prefeitos conhecem pacote de investimentos do governo para os 22 municípios do Acre

O governador Gladson Cameli apresentou aos prefeitos acreanos o audacioso pacote de obras que sua administração executará a partir deste ano. São investimentos na ordem de R$ 2,2 bilhões, que contemplam as 22 cidades do estado. A apresentação foi realizada nesta sexta-feira, 8, durante Assembleia Geral da Associação dos Municípios do Acre (Amac).

Na regional Tarauacá-Envira, o governo injetará R$ 138 milhões; já na regional do Purus, o investimento será de R$ 157,2 milhões; no Alto Acre, R$ 285,8 milhões; a regional do Juruá receberá R$ 310 milhões; e a região do Baixo Acre foi contemplada com R$ 1,3 bilhão. São obras nas áreas da saúde, educação, segurança pública, mobilidade, produção rural, gestão pública, infraestrutura e urbanização.

Deste montante, R$ 132,8 milhões já estão sendo utilizados. Cerca de R$ 254 milhões encontram-se em processo de licitação e R$ 510 milhões em fase de elaboração de projetos. Outros investimentos somam R$ 169 milhões e o governo estadual está empenhado na captação de mais R$ 1,2 bilhão em novos recursos.

Visando o desenvolvimento do Acre por completo, Cameli explicou que o governo priorizou as principais necessidades dos municípios acreanos. Além de melhorar a qualidade de vida da população, Gladson lembrou que as obras contribuirão para o aquecimento da economia.

“De Santa Rosa a Marechal Thaumaturgo, o governo está trabalhando para todos. Os próximos dois anos serão de muitas obras e o apoio das prefeituras será muito importante para que possamos cumprir com o nosso cronograma. Além disso, vamos contribuir na geração de milhares de empregos e trazer renda para o nosso povo”, pontuou.

Na oportunidade, o governador desejou sucesso ao mandato dos prefeitos e reiterou o apoio institucional do Estado em prol dos municípios. “Nos últimos dois anos, firmamos parcerias com todas as prefeituras e continuaremos agindo da mesma forma. Aos novos prefeitos e aos que foram reeleitos, torço que façam uma excelente administração e contem com o governo para ajudar a melhorar a vida da população”, afirmou.

Prefeitos enaltecem compromisso do governo com o progresso do Acre

A carteira de obras apresentada pelo governo estadual deixou o prefeito do Bujari, Edvaldo Teles, entusiasmado. Padeiro, como é mais conhecido, enfatizou que todo tipo de investimento no município de 10,4 mil habitantes é de grande relevância para o seu desenvolvimento. Somente para a cidade, o governo pretende aplicar mais de R$ 10 milhões.

“Temos uma esperança muito grande de que o governo vai nos ajudar. Somos um município pequeno e todo investimento é sempre muito bom. A nossa população está aguardando por isso”, argumentou o gestor municipal.

Tião Bocalom, prefeito de Rio Branco, destacou o esforço do atual governo na organização das finanças públicas nos últimos dois anos e o árduo trabalho no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Para o gestor, o momento é de grande expectativa, sobretudo nas obras que serão feitas na capital.

“Desse pacote de mais de dois bilhões de reais, cerca de um bilhão é para Rio Branco. Eu não tenho dúvida nenhuma que, na presidência da Amac, a responsabilidade será muito grande para ajudarmos na distribuição desses investimentos e na busca por mais recursos junto à nossa bancada federal”, ressaltou.

A primeira Assembleia Geral da Amac em 2021 também foi marcada pela escolha de sua nova diretoria. Eleito por aclamação, Tião Bocalom presidirá a associação pelos próximos dois anos. A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, é a vice-presidente; e o prefeito Mazinho Serafim, de Sena Madureira, o primeiro-secretário da entidade.

Image
Image

logo news2