Política

    Jarude pede intervenção da Prefeitura nas empresas de transporte coletivo em Rio Branco

    O vereador Emerson Jarude (MDB) falou nesta sexta-feira, 22, na sessão online da Câmara, sobre o problema das empresas de transporte coletivo em Rio Branco. Nesta semana, os motoristas fizeram uma manifestação para reivindicar três meses de salário atrasado.

    Jarude recorda que a CPI do Transporte, em 2017, poderia ter evitado o caos no transporte hoje, se tivesse tomado as devidas providências. “Se tivéssemos sido mais rígidos em 2017, com certeza não teríamos esses problemas de hoje”.

    Ainda segundo o vereador, a solução seria uma intervenção da Prefeitura de Rio Branco nas empresas de transporte coletivo.

    “É entrar nas empresas e fazer auditorias e, se necessário, fazer os devidos investimentos para manter as questões essenciais, como o salário dos trabalhadores, e também garantir que o sistema continue funcionando normalmente. É preciso essa intervenção e auditoria interna”.

    E acrescenta: “Paralelo a isso, é necessário abrir edital novo para garantir que outras empresas também possam trabalhar no mercado local. São essas medidas que nós defendemos”.

    Por fim, Jarude voltou a pedir a revogação do decreto de rodízio de veículos em Rio Branco. “A mesma fonte apresentada pela prefeitura que disse que teve aumento do isolamento, mostra que não teve. Pelo contrário, as pessoas continuam saindo e, dessa vez, em transporte coletivo o que aumento o risco de contágio”.

    Image
    Image
    Image

    logo news2