Política

    Gladson Cameli prorroga decreto governamental até 17 de maio

    Com o avanço de novos casos confirmados e óbitos decorrentes da pandemia de Covid-19, o governador Gladson Cameli decidiu pela prorrogação do decreto governamental que estabelece regras de isolamento social e funcionamento dos órgãos públicos, comércio, templos religiosos e outras atividades. A previsão é que a medida seja publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 4, e se estende até o próximo dia 17 de maio.

    Em seu pronunciamento divulgado nas redes sociais, Cameli citou que apesar de todos os esforços dos governos federal, estadual e municipal, além de grande parte da população, o Acre registrou novos casos da doença de forma acentuada. Sobretudo, após o aumento na testagem diária garantida pelo próprio governo após aquisição de um moderno equipamento, que triplicou a capacidade do laboratório Charles Mérieux.

    Sempre guiado pela prudência e com objetivo de salvar vidas, Gladson explicou que ainda não é o momento para a retomada das atividades, e ressaltou a importância da continuidade das medidas já adotadas pelo governo após a confirmação dos primeiros casos da doença. Na oportunidade, ele pediu que a mesma postura seja compartilhada pelo Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e comunidade médica.

    Gladson Cameli citou os esforços feitos pelo governo no enfrentamento ao coronavírus e as medidas para amenizar os transtornos causados à população devido à baixa na economia local, principalmente, às famílias de baixa renda.

    “O governo tem feito a sua parte com a desinfecção de ruas e avenidas, proibição do corte do fornecimento de água, proposta para isenção do ICMS para energia, auxílio com cestas básicas para as famílias necessitadas, reforço de equipamentos e medicamentos, aumento das gratificações para os profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus e expansão da rede de atendimento”, frisou o governador.

    O empenho na área da Saúde também foi exposto pelo chefe do Executivo acreano. Como a entrega da primeira etapa do Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) e início dos trabalhos para montagem do primeiro hospital de campanha com 200 leitos de enfermaria, em Rio Branco.

    “Nessa semana, o Into se tornou mais um ponto de referência para o enfrentamento ao coronavírus. Lá, contamos com mais 11 UTIs e, em breve, teremos mais 48 leitos de atendimento, além do sistema de telemedicina. Também estamos trabalhando para entregar, nos próximos dias, um hospital de campanha”, pontuou Gladson.

    uti webO empenho na área da Saúde também foi exposto pelo chefe do Executivo acreano. Como a entrega da primeira etapa do Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) Foto: Odair Leal/Secom

    Na oportunidade, o governador alertou mais uma vez a população sobre a necessidade do distanciamento social e cuidados com a higiene pessoal para frear a proliferação do vírus. Segundo Gladson, todos os investimentos por parte do Estado não serão eficazes sem a colaboração de todos.

    “Entenda que o seu passeio coloca em risco a sua vida e de toda a sua família. Perceba que qualquer reunião com outras pessoas sem necessidade pode infectar a todos. Saiba que o coronavírus é muito rápido para se espalhar, mas demorado para tratar e ainda não tem vacina”, argumentou.

    E ainda acrescentou. “Se puder, fique em casa. Mas se tiver que sair, evite locais com muita gente. Lave as mãos várias vezes ao dia com água e sabão, use máscara sempre que sair, mantenha distância segura de dois metros de outras pessoas e desinfete roupas, objetos, embalagens e alimentos quando chegar em casa. Se todo mundo colaborar, o coronavírus vai passar e a vida vai continuar”, finalizou.

    Confira o vídeo na íntegra

    Image
    Image