Política

    Calegário apresenta requerimento pedindo informações de contrato do Executivo com empresa de Goiás

    Na sessão on-line desta terça-feira (5), o deputado estadual Fagner Calegário (sem partido) informou que protocolou na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) um requerimento solicitando informações a respeito dos gastos financeiros no enfrentamento à  Covid-19, especificamente, sobre o contrato com a empresa Medial Brasil que, de acordo com ele, custou R$ 15 milhões.

    Para o deputado, o governo do Estado precisa dar transparência aos seus atos administrativos. “Peço através desse requerimento que o governo divulgue detalhes do contrato com a empresa Medial. Precisamos saber mais sobre esse contrato que abocanhou R$ 15 milhões para a contratação de profissionais da saúde. Quero saber o que rege esse contrato e em que será gasto tanto dinheiro. Estou solicitando formalmente as informações”, disse.

    O parlamentar manifestou ainda apoio ao Projeto de Lei que altera parte da Lei Complementar nº 349, e muda o cálculo do adicional de titulação de militares estaduais. A proposta que foi enviada pelo governador Gladson Cameli (PP) permite que os policiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros passem a receber os adicionais, tendo como referência o vencimento básico dos respectivos postos e graduações.

    Image
    Image