PF divulga áudio em que prefeito de Senador Guiomard negocia propina com vereador

Uma ligação telefônica, gravada com autorização da Justiça, revela o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, acertando a entrega de dinheiro a um vereador da cidade.

Na conversa, o vereador reclama que o dinheiro não foi pago completamente, já que o acertado era R$ 5 mil e recebeu R$ 4,7 mil. Maia foi preso nesta quinta-feira (13) na Operação Sarcófago da Polícia Federal.

Divulgação PF

Conforme a polícia, há indícios de que o prefeito pagava um “mensalinho” no valor de R$ 3 mil para seis vereadores da base aliada dele. O G1 não conseguiu contato com o advogado do prefeito até a publicação desta reportagem.

Maia foi preso suspeito de comprar favores e apoio político, desviar verbas públicas e fraudar licitações com superfaturamentos de cerca de R$ 5 milhões. Nesta quinta, a Polícia Federal cumpriu 25 mandados de busca e apreensão e cinco de prisões preventivas.

Na ação, a polícia apreendeu R$ 4,7 mil, valor tratado no áudio entre um vereador e o prefeito. Na conversa, o vereador liga para o prefeito e diz que o “combinado chegou só R$ 4,7 mil” e não os R$ 5 mil. Em resposta, Maia afirma que vai ligar para alguém, mas ressalta que deve ter havido um “acidente” ou “descaminho”, já que estava tudo “certinho”.

O prefeito pede para o vereador aguardar ele chegar na quinta-feira para ver o que aconteceu pessoalmente. O parlamentar pede que ele avise quando souber e Maia pergunta se “deu tudo certo”. Em seguida, o vereador diz que deu e a conversa é encerrada.

OUÇA

G1/AC