Ministro de Minas e Energia trouxe excelente notícia ao Acre, diz Vanda Milani

Bancada federal do Acre esteve ontem com o ministro Bento Albuquerque – Foto: Da Assessoria

A deputada Vanda Milani(SD) classificou como “extremamente produtiva” a reunião realizada esta quarta-feira (13), em Brasília, entre a bancada federal do Acre e o ministro Bento Albuquerque, das Minas e Energia, acerca da construção do linhão Rio Branco-Feijó-Cruzeiro do Sul. “Trago boas notícias”, disse o ministro inicialmente. Em seguida, garantiu aos parlamentares presentes a inclusão da linha de transmissão entre Rio Branco-Feijó-Cruzeiro do Sul no leilão público que será realizado no mês de dezembro, com previsão de 3 meses para início dos trabalhos e expectativa de 36 meses para conclusão da obra.

O linhão, lembrou Vanda Milani, vai integrar ao Sistema Interligado Nacional(SIN)os municípios de Rio Branco, Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, além do município amazonense de Guajará. “Este linhão representa enorme economia de gastos com o combustível que alimenta as termoelétricas destas localidades”, disse. O traçado inicial do linhão deverá ser quase que integralmente observado. O 2° trecho do linhão, contudo, deverá sofrer algumas modificações e será objeto ainda de avaliação ambiental.

Decisão política

Dra. Vanda lembrou que o ministro foi enfático ao afirmar que “a decisão política de construção do Linhão já foi tomada”. De acordo com Bento Albuquerque, o Ministério das Minas e Energia vai trabalhar de forma integrada aos órgãos vinculados à pasta. O ministro afirmou ainda que vai estudar a possibilidade e viabilidade de transferência para Cruzeiro do Sul das termoelétricas desativadas no Estado, conforme sugestão apresentada por servidores do setor elétrico acreano. ”Foi, enfim, uma audiência que trouxe muita expectativa e satisfação em relação aos consumidores de energia elétrica das regiões beneficiadas pelo linhão”, resumiu Milani.

Da Assessoria