Meio Ambiente realiza encontro sobre o combate a queimadas e incêndios florestais no Acre

Durante a renunião, ficou definido que no dia 21 de junho será apresentado e validado o Plano de Trabalho de cada órgão envolvido na operacionalização das ações – Foto: Secom

O Grupo de Trabalho do Comitê Gestor de Comando e Controle, responsável pela fiscalização, monitoramento de queimadas, desmatamento e incêndios florestais realizou um encontro na última terça-feira,11, na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), para planejar as ações a serem implementadas nos meses que compreendem o verão acreano.

O diretor-presidente do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), André Hassem, conduziu a reunião. “Em 2018 tivemos aumento de desmate e queimadas e o Imac já está organizando suas equipes para iniciar as ações em todo o Estado. Temos informações de que o verão será severo este ano e será necessária a união de todas as instituições para realizar um trabalho eficiente, que chegue a todos os municípios”, disse André Hassem.

A necessidade de realização de uma campanha publicitária para alertar a população sobre os riscos das queimadas foi um dos pontos de destaque. Outro assunto debatido foi a necessidade da participação direta dos prefeitos, bem como dos órgãos estaduais que poderão colaborar com o processo de sensibilização da população, a exemplo da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa), bem como a Secretaria estadual de Educação (SEE).

De acordo com André Hassem, ficou estabelecido que no dia 21 de junho será apresentado e validado o Plano de Trabalho de cada órgão envolvido na operacionalização das ações de comando e controle, e no dia 26 serão avaliadas as primeiras operações conjuntas.

Estiveram presentes as seguintes instituições: Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ministério Público Estadual (MPE), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Secretaria de Meio Ambiente de Rio Branco (Semeia), além do Centro Integrado de Operações Especiais (Ciopaer).

Agência Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *