Saúde

    Aproveite o tempo em casa para otimizar sua rotina de cuidados com a pele do rosto e corpo 

    Conheça os passos que o Dermatologista Marcos Bonassi orienta para manter a saúde da pele, corpo, mente e até postergar o efeito do procedimento estético nesta quarentena

    A nossa rotina mudou, as atividades do escritório coincidem com as aulas online dos filhos, o dever de preparar as refeições e os outros afazeres, tudo no mesmo ambiente 24 horas e, por isso, não podemos esquecer de nos cuidar e ter um momento nosso nesse dia a dia. Para auxiliar nessa mudança de hábitos, o doutor Marcos Bonassi, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia- apresenta as dicas para viver bem e saudável neste período. 

    A primeira etapa é usar os produtos destinados para cada tipo de pele e manter os já prescritos pelo médico.

    Limpeza e Hidratação

    É recomendado lavar o rosto e fazer a tonificação de manhã e à noite. Para as peles mais oleosas, use um tônico adstringente, já as mais maduras, sensíveis ou com rosácea, recomenda-se um tônico de limpeza com propriedades calmantes e pouco teor alcoólico, que ajudará fazer a limpeza, sem causar desidratação.

    A hidratação, que é o terceiro passo, se estende para todo o corpo. Para peles oleosas, um hidratante mais leve na apresentação de sérum ou loção. Para as maduras e mais ressecadas, optar por um creme hidratante. “A dica é usar no rosto produtos que contenham ácido hialurônico, ceramidas e vitamina E. No corpo, o ideal é que possuam ureia, ácido lático, ceramidas e vitamina E. O ideal é aplicar após o banho, pois a pele está mais receptiva e consegue absorver melhor”. 

    Para quem está em um tratamento orientado pelo dermatologista utilizando algum ácido, firmador ou clareador, pode usá-los à noite e durante o dia passe o filtro solar. O doutor Marcos alerta: “Lembrando que quem faz uso de ácidos, deve aplicar em pequenas quantidades à noite para não provocar irritação”.

    Com tantas ofertas e promoções de produtos nos sites, precisamos ficar atentos, pois não é recomendado usar qualquer um deles. Há o risco de desenvolver uma alergia e precisar de um cuidado médico que, no momento, está mais restrito. Mantenha o uso do que já foi receitado. “Os pacientes portadores de doenças dermatológicas como: acne, doenças inflamatórias, eczemas e os tratamentos capilares, não devem interromper os tratamentos indicados pelos profissionais”, alerta doutor Marcos. 

    Proteção solar x banho de sol 

    Sobre rotina de skincare diurna, o filtro solar deve ser usado diariamente na região facial, no colo e reaplicado no horário de almoço. “Como as pessoas estão dentro de casa, em atividades na frente do computador, celular, com a luz ambiente, acabam tendo contato direto com a luz branca e a própria luz que vem pela janela, que também podem afetar a pele. Por isso, o uso do protetor solar é essencial e, além disso, combate o envelhecimento da pele. O hábito de aplicá-lo nos mantém em uma rotina de disciplina e de cuidado conosco”, completa o profissional.

    Apesar da proteção da pele, o sol faz falta no dia a dia. Segundo o doutor Marcos, não podemos abrir mão de um pouco de sol. “Não só para as pessoas de idade, mas para todos, recomendo sentar perto da janela (com filtro solar no rosto). Deixe um pouquinho essa luz solar entrar. Ela ativa a vitamina D, tem efeito antidepressivo e conseguimos nos animar mais. Um pouco de sol vale a pena”. 

    Como manter o procedimento estético facial 

    Toda pele precisa ter os cuidados básico citados pelo profissional acima, porém, para quem tem aplicação de toxina botulínica A ( Botox®), há uma dica que o médico dá a seus pacientes que pode fazer com que o efeito seja mais duradouro: “Uma vez que o pico da ação já foi atingido e para que o efeito do procedimento continue bonito, tente evitar o estresse e as expressões faciais muito fortes, seja durante o exercício físico ou nos períodos de maior estresse. Com a contração exagerada dos músculos faciais, pode ser que o procedimento dure menos”, orienta Dr. Marcos.

    Máscaras faciais X Relaxar

    Segundo o dermatologista, as máscaras são interessantes desde que escolha uma adequada ao tipo de pele. As que combatem oleosidade são para pessoas com poros abertos e um pouco de acne. “As máscaras com componentes de hidratação são sempre bem-vindas, além de funcionar com o princípio ativo, elas têm efeito relaxante para todo corpo. Então, vale a pena fazer uma ou duas vezes por semana no máximo. São momentos do dia que podemos relaxar um pouco”. 

    Alimentação

    A alimentação é a maior fonte de vitaminas e nutrientes que podemos ter. Ter hábitos saudáveis também reflete na saúde da pele e segundo o Doutor Marcos, o equilíbrio é sempre o melhor. “Recomendamos que hoje, parado, fazendo menos atividade física, as refeições não precisam ser tão pesadas. Uma dica interessante são os legumes assados porque você pode prepará-los enquanto faz outra atividade. Os grãos são importantes e não podemos esquecer deles. A diversidade na alimentação é a melhor ideia.” Para um lanche da tarde, podemos incluir as castanhas, que possuem um poder nutritivo e ajudam muito na imunidade. 3 a 4 castanhas ou nozes por dia podem ajudar.

    O doce entra também, mas nessa dieta deve-se levar em consideração o açúcar da fruta. “Recomendo sempre que a sobremesa seja uma fruta, porque ela acalma a ansiedade de quem sente falta do açúcar, ajuda no aporte de vitaminas, no funcionamento do organismo e do intestino por conta das fibras”. 

    Quando procurar ajuda médica? 

    Segundo o dermatologista, neste período as dermatites seborreicas, a oleosidade facial, descamação entre as sobrancelhas e a caspa tem piorado um pouco. “Isso tem a ver com estresse e a falta de exposição à luz ultravioleta. Deve reconhecer e pedir ajuda ao dermatologista de forma presencial, com os devidos cuidados ou nos canais onde ele possa ser contatado”.

    Para o doutor Marcos, quem tem muitas pintas é sempre bom observar. Pintas com alteração de cor, tamanho ou algum novo sintoma que não tinha, precisam ser diagnosticadas e possivelmente retiradas. “Qualquer problema de pele detectado no início a solução vai ser muito melhor”, revela o profissional.

    Image
    Image
    Image

    logo news2