Polícia

    Líder de organização criminosa que atuava na fronteira do Estado é preso na capital acreana

    Foi preso nesta sexta-feira, 12, em Rio Branco, Francisco Camilo de Oliveira, 36 anos, vulgo “Nego do Nildo”, acusado

    de ser uma das principais lideranças de uma organização criminosa que atua na região de fronteira do Acre. O suspeito foi apresentado na Divisão Especial de Investigações Criminais (Deic).

    “Os agentes da Delegacia de Brasiléia estavam investigando Francisco há um ano. Com o empenho da equipe, foram produzidas provas contra ele, que é considerado um dos líderes de uma facção. Além disso, Oliveira está envolvido com o tráfico de drogas, associação ao tráfico, tráfico de armas e ainda homicídios contra membros de facção rival”, disse o Delegado Karlesso Nespoli.

    Ele também ressaltou que “Nego do Nildo” é uma pessoa extremamente perigosa. “Além do mandado de investigação, ele possui um mandado em aberto pelo crime de sequestro. Esperamos que a Justiça o condene e que fique o maior tempo possível preso”.

    Image
    Image