Brasil/Mundo

    PF prende ex-senador em investigação sobre suspeita de caixa 2 do governador do Pará

    Segundo as investigações, o ex-senador Luiz Otávio Campos (MDB), do Pará, é suspeito de intermediar um repasse não contabilizado de R$ 1,5 milhão da Odebrecht para a campanha do atual governador do estado, Helder Barbalho

    A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (9) o ex-senador Luiz Otávio Campos (MDB), do Pará, numa investigação sobre suspeita de caixa 2 na campanha de 2014 do atual governador do estado, Helder Barbalho, do mesmo partido. O chefe do Executivo paraense não é alvo de mandados na operação. Segundo as investigações, Campos é suspeito de intermediar um repasse não contabilizado de R$ 1,5 milhão da Odebrecht para a campanha de Barbalho.

    Em delação premiada, executivo da Odebrecht disseram que foram realizadas três entregas, nos valores de R$ 500 mil cada, nos meses de setembro e outubro de 2014. Campos intermediou o recebimento do dinheiro.

    A operação cumpre três mandados de buscas e apreensões e uma prisão temporária no Pará, uma prisão temporária e outro mandado de busca e apreensão no Tocantins, e dois mandados de buscas e apreensões no Distrito Federal.

    Image
    Image