Amazônia

Amazônia

'A luta em defesa da Amazônia é o que nos une', diz Nicolau na Reunião do Parlamento Amazônico

Durante discurso na abertura da XIII Reunião Ampliada do Colegiado de Deputados do Parlamento Amazônico realizada nesta quinta-feira (31), no plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac),

o presidente do parlamento acreano, deputado Nicolau Júnior (PP), destacou a importância da união dos Estados que compõem a Região Amazônica, na busca de políticas e alternativas que possam contribuir com o desenvolvimento regional. O parlamentar saudou ainda os deputados que vieram de outros Estados, além dos representantes de entidades.

“Estou muito feliz pelo Acre ter sido escolhido para sediar a XIII Reunião Ampliada do Colegiado de Deputados do Parlamento Amazônico. Nós, do Poder Legislativo Acreano, nos sentimos muito gratos e imensamente honrados pela presença de todos em nosso Estado e, principalmente, nesta Casa. Hoje, temos no Plenário deste Poder, a presença de valorosos parlamentares empenhados em contribuir de forma conjunta com o desenvolvimento da Amazônia e de todo nosso País”, disse.

O progressista frisou que o intercâmbio de informações entre as Assembleias Legislativas é essencial para promover ações que contemplem os interesses comuns da região. “A luta em defesa da Amazônia é o que nos une, principalmente, no que se refere ao desenvolvimento sustentável, com geração de produção, trabalho, emprego, renda, e outras melhorias. Neste momento em que o país passa por uma grande crise econômica, o Parlamento discute temas regionais que possam servir de base para alternativas de crescimento e de desenvolvimento dos Estados que compõem a Amazônia legal”, enfatizou.

Sobre o tema abordado na XIII Reunião Ampliada do Parlamento Amazônico, "A Aviação na Amazônia", Nicolau Júnior falou da necessidade de incentivar a aviação regional visando movimentar aeroportos de menor escala. Salientou ainda que a Amazônia é a região do Brasil com mais localidades de difícil acesso.

“O que motiva esse encontro é a vontade de realizar uma ampla discussão sobre incentivar a aviação regional visando movimentar aeroportos de menor escala, que muitas vezes só podem ser atendidos por aeronaves de médio e pequeno porte. A Amazônia é a região do Brasil com mais localidades de difícil acesso, nas quais a única alternativa distinta do transporte aéreo são embarcações fluviais em condições precárias, usadas em viagens que chegam a durar dias”, pontuou.

Outro ponto destacado pelo presidente foi a questão da regularização dos aeroportos no seio da Amazônia. “A regularização dos aeroportos é algo muito esperado pela população dessa região. Por isso mais uma vez destaco a importância de um evento dessa magnitude. Esse encontro representa um espaço democrático que abre as portas do Poder Legislativo para um excelente debate, promovendo desse modo um amplo fórum de discussões sobre o tema. Acredito que encerraremos essa reunião com importantes propostas e ações sobre os problemas que foram discutidos”, finalizou.

Os deputados elaboraram ainda uma ata contendo todas as propostas e encaminhamentos de tudo o que foi discutido durante o encontro. O objetivo é encaminhá-la ao governo federal.

“Tudo o que foi debatido aqui nesta Casa está devidamente registrado e documentado. Falamos de problemas e temas importantes que a população do Acre e demais estados da região amazônica vivenciam atualmente. O Parlamento Amazônico é uma entidade importante para levar as demandas evidenciadas até o Governo Federal”, frisou o presidente da Aleac.


gow banner p20