Política

Política

Bestene afirma que é “orgânico” e não deixará o partido que fundou

Em entrevista na sessão desta quarta-feira, 25, o deputado José Bestene (PP) garantiu que não deixará o PP para aceitar convite feito pelo MDB em reunião realizada na tarde de ontem, 24.

De acordo com o parlamentar, ele é um político do tipo orgânico, que respeita a história e a tradição da agremiação que o elegeu.

“Sempre defendi o fortalecimento deste partido, fui eleito por ele e estarei nesta trincheira em defesa do meu Estado e da minha gente”, comentou ele. Bestene disse que participou ativamente do projeto político que culminou com a posse do govenador Gladson Cameli. “Eu sempre defendi o projeto político e não este ou aquele partido”, argumentou.

O deputado também desmentiu que possa estar havendo qualquer estranhamento entre ele e o governador por conta das exonerações de 340 ocupantes de cargos de confiança, entre os quais alguns indicados por ele. “Isso é balela, é mentira. Mas é natural que as pessoas que levantaram a bandeira tenham indicação, mas desde que sejam compromissadas com o trabalho e não aquelas pessoas querendo receber salários em outros estados ou ficando em casa”, afirmou.

De acordo com Bestene, este tipo de embate é comum no meio político, mas ele tem dado provas concretas que busca a governabilidade e não que está tentado emplacar um projeto particular. “Nós temos um compromisso com a população e a gente espera poder contribuir, pois a cobrança é muito grande, o que é natural depois de um sistema de 20 anos que pode ter criado muitos vícios. E nós temos que acabar com estes vícios para poder atender às pessoas mais necessitadas”, afirmou.


gow banner p20