Política

Política

Cadmiel destaca participação maior da sociedade no combate ao crime

O deputado Sargento Cadmiel Bomfim (PSDB), participou nesta sexta-feira, 23, da audiência pública “Segurança na Fronteira”, promovida pela Câmara Municipal de Brasileia.

O parlamentar, que é presidente da Comissão de Segurança Pública da Aleac, representou o presidente da Mesa Diretora, Nicolau Júnior.

Em seu pronunciamento, interrompido diversas vezes pelos aplausos, Cadmiel ressaltou a recente valorização pela sociedade do tema da segurança pública e seu maior envolvimento no combate à criminalidade numa parceria com as autoridades.

“Depois de 19 anos na Polícia Militar, finalmente estamos vivendo uma época em que a sociedade começa a se interessar por segurança pública, pois antigamente éramos chamados para a cena de um crime e quando chegávamos lá ninguém viu, ninguém queria testemunhar”, lembra ele.

Nesta época, Sargento Cadmiel conta que os bandidos eram levados à Delegacia e enquanto o delegado fazia o boletim de ocorrência o advogado já chegava com a ordem para soltar o criminoso. “Hoje a sociedade começa a se preocupar, pois o problema da segurança não é só da PM, é de toda a sociedade. A PM do Acre é a que mais prende e a mais honesta do Brasil”, comentou o parlamentar.

Um exemplo da preocupação da sociedade com a segurança pública é a realização deste evento em Brasileia, atendendo a um clamor da população, preocupada com o recrudescimento da violência na fronteira da Bolívia.

“A sociedade de Brasileia começa a se mobilizar, pedindo apoio da Câmara de Vereadores, do Ministério Público e de todos os que se empenham pela Segurança em nosso Estado”, observou.

O deputado também ressaltou que todos os esforços na área de Segurança Pública não terão sucesso se não forem acompanhados por medidas robustas na transformação da economia do Acre. “É preciso substituir a economia do ambientalismo para economia do agronegócio”, declarou Cadmiel sob aplausos do público que superlotou o evento.

“É preciso muito investimento para a mudança de nossa política econômica. Só assim estaremos gerando emprego e renda para atrair a nossa juventude. Sem emprego, os jovens ainda acreditam que possam realizar seus sonhos entrando para as facções criminosos, onde o futuro não é mais do que a prisão ou o cemitério”, declarou Sargento Cadmiel.

Finalizando seu pronunciamento, o deputado agradeceu a presença da senadora Mailsa Gomes, lembrando que a parlamentar apoiará todas as mudanças necessárias na legislação federal e a Aleac fará o resto em nível estadual. “Porque lugar de bandido é na cadeia!”, concluiu.


gow banner p20