Política

Política

Bestene defende diretor-presidente exonerado da Fundhacre

Em pronunciamento na Aleac nesta quarta-feira, 21, o deputado José Bestene (PP) disse que não foi por incompetência a exoneração do dentista

Lúcio Brasil, presidente da Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre) anunciada pelo Governo do Estado.

De acordo com o parlamentar, Lúcio Brasil não foi sua indicação, mas dos Progressistas, partido ao qual é filiado. “Antes de tudo, Lúcio é um excelente profissional e quem diz isso é a população, não sou eu. Eu também fui surpreendido pela decisão do governador e espero que ele esteja no caminho certo e que estas pessoas de Brasília sejam bem sucedidas quando forem julgadas pela população”, afirmou Bestene.

O deputado disse que nos sete meses à frente da Fundhacre, Lúcio Brasil fez funcionar bem e a prova disso são as manifestações dos servidores e do público em geral. “Às vezes as pessoas têm receio de se expor nas redes sociais, mas eu recebo aqui no meu privado diversas manifestações”, afirmou Bestene.

Ex-secretário de Saúde no governo de Orleir Cameli (1995/1988), José Bestene diz que a receita para melhorar o sistema de saúde pública no Acre é humanizar e respeitar os profissionais e os servidores. “Isso melhora o atendimento lá na ponta onde está aquele cidadão pobre que vem em busca de solução para uma dor”, argumenta ele.

O deputado lembrou que teve uma reunião terça-feira, 20, com membros da diretoria do Movimento de Reintegração dos Hansenianos (Morhan) quando lembraram as condições do antigo Hospital de Base, depois Hospital Geral e Pronto Socorro de Rio Branco, hoje apenas Pronto Socorro.

“As pessoas esquecem como era. Eu deixei um legado quando secretário do Orleir e com autonomia para decidir. Sem autonomia o sistema não funciona. Nós passamos de 40 para 255 leitos e nunca mais os ratos roeram os pés dos pacientes. As pessoas não lembram, mas quando o balão de oxigênio sumia, ninguém conseguia achar o balão até que algum paciente vinha a óbito, hoje é tudo canalizado”, comentou.

Mais tarde, em entrevista, Bestene declarou que colocou seu nome para disputar a candidatura à Prefeitura de Rio Branco em 2020. “Conversei com amigos, familiares e correligionários e meu nome está posto”, informou.


gow banner p20