Política

Política

Prefeita e secretário de Segurança discutem medidas contra arrastões em ônibus

Socorro Neri disse ser inadmissível que quem precise do transporte para trabalhar sofra com o medo de assalto

A prefeita Socorro Neri se reuniu no fim da tarde desta terça-feira, 10, com o secretário Estadual de Segurança Pública, coronel Paulo Cézar Rocha, para pedir ajuda do Estado contra os constantes arrastões realizados por criminosos dentro dos ônibus que fazem o transporte público coletivo na capital.

De acordo com o superintendente da RBTrans, Nélio Anastásio, que também acompanhou a reunião, de janeiro até o dia 4 julho foram registradas 95 ocorrências. A média é de um arrastão a cada dois dias. “A prefeitura de Rio Branco tem buscado encontrar soluções para melhorar a segurança no interior dos veículos, mas essas são ações implicam diretamente no envolvimento Segurança Pública, nós precisamos do apoio do Estado. A Prefeitura se coloca totalmente à disposição das nossas autoridades estaduais para que juntos encontremos medidas que garantam a tranquilidade de quem usa esse serviço público extremamente importante para o funcionamento da cidade”.

Para o secretário Paulo Cézar o encontro foi proveitoso e demonstra a preocupação tanto da prefeita Socorro Neri, quanto do governo do Estado em estarem alinhados, com ações definidas em conjunto na prevenção e estratégias que se antecipem ao surgimento desses crimes. “Os temas que envolvem a Segurança Pública são transversais, dependem da ação mútua de toda a sociedade organizada. A construção iniciada hoje com certeza trará uma minimização não só desses delitos, mas também na prevenção que é o mais importante. Nós construímos ideias, e as ideias que saíram desse encontro se colocadas em prática devem impactar numa redução satisfatória para a sociedade”, destacou.

“O Sistema Integrado de Segurança recepcionou a prefeita junto com os órgãos que se relacionam com o transporte coletivo e passamos uma planilha com as informações para orientar o planejamento das operações policiais. Paralelo a isso também será realizada uma agenda com as empresas e os sindicatos dos trabalhadores da área para um debate de como construir ações preventivas que possibilitem garantir uma melhor segurança para que usa o transporte coletivo”, explicou o chefe do Gabinete Militar da Prefeitura de Rio Branco, coronel Cleudo dos Santos Maciel.

A prefeita Socorro Neri disse ser inadmissível que quem precisa do transporte coletivo para trabalhar ou estudar sofra todos os dias com medo de ser assaltado dentro dos ônibus. “A Prefeitura, por meio da RBTrans, não está fora dessa obrigação de encontrar medidas para tornar o transporte seguro, mas também compreendemos que sem o apoio do governo do Estado, que cuida da Segurança Pública, não conseguiremos sozinhos dar as respostas que a população espera. Por isso venho até o secretário estender nossas mãos para juntos sairmos dessa situação. Minha gestão e equipe estão prontos para o trabalho em parceria. Nós entendemos que juntos temos mais condições de prosperar para o bem coletivo da nossa cidade”.


gow banner p20