Política

Política

Socorro Neri protocola no TCE pedido de auditoria na Amac

A prefeita de Rio Branco e presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac), Socorro Neri,

protocolou na manhã desta segunda-feira, 08, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), um pedido para que o órgão faça uma auditoria completa nas contas e contratos da Amac. A prefeita foi recebida pelo presidente do órgão, conselheiro Cristóvão Messias, e pelo diretor de Auditoria Financeira e Orçamentária, Jeú Campelo Bessa, e pediu celeridade na apuração das denúncias apresentadas contra a Amac na última sexta-feira, 05.

De acordo com o presidente do TCE, o trabalho será iniciado imediatamente ainda nesta segunda-feira. Um dossiê foi entregue à Polícia Federal, Ministério Público Federal (MPF) e Tribunal de Contas da União (TCU), relatando possíveis irregularidades dentro da Associação, mantida com recursos da prefeituras acreanas, e que teriam a participação direta de alguns servidores. Entre elas um caso de nepotismo. O coordenador executivo da Amac, Márcio Neri, é sobrinho da prefeita e faz parte do quadro de funcionários da instituição desde 1999. Ele também exerceu a função de coordenador executivo durante a gestão da prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, que esteve na presidência da Amac entre janeiro de 2017 e dezembro de 2018 e foi reconduzido à função assim que a prefeita Socorro Neri assumiu a presidência.

Diante das denúncias e até que os fatos sejam completamente esclarecidos, Márcio Neri pediu afastamento da Amac, o que foi prontamente atendido pela presidente da Associação, prefeita Socorro Neri, e comunicado aos funcionários da instituição na manhã de hoje.

A decisão de protocolar o pedido de auditoria nas contas da Amac no TCE é uma iniciativa da própria prefeita, uma vez que as denúncias foram apresentadas a órgãos que não atuam na jurisdição que a Associação de Municípios do Acre está inserida. Antes mesmo de qualquer notificação dos órgão federais provocados, a prefeita Socorro Neri se adiantou e determinou que todos os fatos sejam amplamente apurados e elucidados.

Enquanto durarem as investigações, a coordenadoria executiva da Amac será exercida pela chefe do departamento de projetos, Micaelle Maia Coelho, que acumulará as funções sem qualquer acúmulo de proventos. Desta forma, a prefeita Socorro Neri aguarda pela total e necessária transparência dos fatos relatados pela denúncia e que a questão seja tratada com prioridade.


gow banner p20