Polícia

Polícia

Motorista bêbado causa colisão entre carretas na BR-364 e uma pega fogo: ‘tomei 4 cervejas para dormir’

O motorista Mateus Bento, de 32 anos, foi preso por dirigir embriagado e causar uma colisão entre a carreta que ele conduzia

e outra, no km 61 da BR-364, após a Vila Campinas, no início da noite desta quinta-feira (15). A carreta dele transportava materiais de limpeza e foi totalmente consumida pelas chamas. Populares aproveitaram para saquear a mercadoria.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista que provocou o acidente fez o teste do bafômetro e apresentava sinais de embriaguez.

“Estava com o teor alcoólico considerado, tanto que será conduzido para a delegacia, com crime de embriaguez ao volante, com capacidade psicomotora alterada. Alguns condutores na rodovia, notaram que ele estava ziguezagueando no momento da condução, provavelmente foi o que ocasionou a colisão”, informou o PRF Silvestre Sampaio.

O motorista de 32 anos, em visível estado de embriaguez, chorando, tentou se explicar.

policia 2Carreta foi consumida pelas chamas durante acidente - Foto: Divulgação PRF/AC

“Para falar a verdade pro senhor, eu vi na hora que bateu. Não vou mentir pro senhor. Tô vindo de Minas, subi Goiás, carreguei e vim pra cá. Parei de tarde, tomei quatro cervejas para dormir, acordei bem e segui viagem”, disse.

O condutor da outra carreta, Mario Luiz, que estava indo para Porto Velho com o caminhão vazio, diz que o motorista bêbado invadiu a pista.

“Ele invadiu a pista e fui puxando para o acostamento. Na hora que vi não tinha mais jeito, joguei fora e ainda acertou a ponta e o primeiro eixo da carreta, com a colisão ele tombou e incendiou o caminhão dele todinho”, contou.

Os dois condutores tiveram ferimentos leves. O caminhão que estava sem carga, teve prejuízos mecânicos, já o outro, perda total. Com o caminhão ainda em chamas, moradores que residem próximo ao local do acidente, saqueavam os produtos de limpeza que restaram.

Portal G1/AC


gow banner p20