Polícia

Polícia

Novo carregamento de anabolizantes que seria entregue a garçom preso é apreendido pela Denarc

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), apreendeu na tarde de quarta-feira

, 24, mais um carregamento de anabolizantes em Rio Branco. A mercadoria seria entregue ao garçom Wendel da Silva Rodrigues, de 26 anos, preso no dia 10 deste mês, pela venda ilegal de esteróides. De acordo com o delegado Pedro Resende, essa é a segunda remessa que seria entregue ao acusado.

“Isso demonstra que a organização que ele o médico chefiavam é grande, a prova é que depois de 15 dias preso ainda chega medicamento para o Wendel. Ele estava montando uma empresa para venda de anabolizantes. Podemos perceber que pouquíssimas encomendas vinham no nome dele. Geralmente, Silva usava o nome da mãe e da namorada para fazer a recepção, tentando dissimular a compra”, ressaltou Resende.

O médico Giovanni Casseb, que seria sócio de Wendel, cumpre prisão temporária por suspeita de envolvimento com a venda de anabolizantes. O delegado também salientou que as investigações continuam e que outras pessoas serão ouvidas. “Temos catalogadas 25 pessoas que comprovadamente foram indicadas pelo Giovanni Casseb para comprar anabolizantes com o Wendel. As provas são cada vez mais robustas de que o médico era quem, de alguma forma, financiava esse tipo de comércio”, frisou.


gow banner p20