Polícia

Polícia

PRF abordou mais de 500 pessoas durante operação em rodovias no Acre no feriado prolongado

Cinco acidentes de trânsito foram registrados durante o feriadão no Acre, segundo

balanço da operação Corpus Christi da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgada nesta segunda-feira (24). Segundo os dados, os acidentes não foram graves e não teve nenhum óbito.

A operação, que ocorreu entre os dias 20 e 23 de junho, teve como objetivo reduzir as vítimas e os acidentes de trânsito, assegurar a livre circulação nas rodovias federais que passam pelo Acre, combater a criminalidade e aumentar a segurança dos viajantes.

“Esse ano foram cinco acidentes, só que a maioria foi leve. Os feridos também não ficaram em estado grave. E por dois anos consecutivos não houve óbito”, informou o assessor de comunicação da PRF, Wilse Filho.

Além disso, Filho destaca que em relação a 2018, o número de pessoas e veículos fiscalizados aumentou. No último ano, foram 349 pessoas abordadas e 308 veículos. Já em 2019, foram 514 pessoas e 443 veículos.

“Foi uma operação tranquila, visto que conseguimos fiscalizar mais pessoas em relação a 2018, mais veículos e os números de alcoolemia também praticamente se mantiveram, e dos que fizeram o teste [103 pessoas] em menos de 5% foi registrada embriaguez. Isso mostra que a sociedade está cada vez mais consciente em relação a direção”, pontuou.

A operação foi desenvolvida através de abordagens educativas e fiscalizações ostensivas de trânsito e de combate aos crimes de fronteira.

Além disso, agentes ainda auxiliaram os condutores sobre legislação de trânsito, fiscalizaram viajantes com consulta de documentação com o objetivo de coibir o tráfico de pessoas e de drogas, furto e roubo de veículos.


gow banner p20