Economia

Economia

Sebrae e Uninorte finalizam projeto-piloto que substitui TCC por startup

Durante cinco meses, o Sebrae no Acre em parceria com o Centro Universitário Uninorte desenvolveu

um projeto-piloto com o objetivo de substituir o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) pela criação do modelo de negócio de uma startup. O projeto ocorreu no curso de Sistemas de Informação e envolveu 15 alunos que apresentaram quatro propostas de modelo de negócio.

O Sebrae orientou através de oficinas e palestras, dando suporte direto aos alunos, os capacitando e transformando suas propostas em empreendimentos. Em um semestre, eles aprenderam, por exemplo, conceitos ligados a marketing, experiência de usuário, canvas e vendas.

Vander Magalhães Nicácio, o coordenador do cursos de Sistemas de Informação, participou da pré-aceleração do Sebraelab Ufac, onde teve contato com mentores renomados que auxiliaram no desenvolvimento de uma ideia de negócio, com o suporte do Sebrae. A partir dessa experiência, ele percebeu que o projeto poderia proporcionar para seus alunos uma oportunidade de negócio após a faculdade.

A orientadora da Fábrica de Software da Uninorte, Josana Nishihira, conta sobre a origem do projeto: “Partiu da proposta de mudança no conceito da Fábrica de Software da Uninorte, renovando com um conceito de startup, onde as equipes definiram um tema voltado para solução de mercado”.

Da faculdade para o mercado

Um exemplo fruto dessa parceria é a BOV Corte, uma empresa voltada para agropecuária com o objetivo de desenvolver assessoria e consultoria em investimentos, por meio de um sistema de gerenciamento.

A equipe, que é composta pelos alunos Jéssica Morais, Paulo Barbosa, Cayque Freire e Janaina Gomes, já executou a validação da empresa e observou que existe um mercado no Estado para trabalhar nessa área com resultados positivos.

Janaina Gomes, líder do grupo, comenta que sua experiência foi gratificante. “Eu só tenho a agradecer, pois estão me ensinando a olhar para uma ideia como um negócio e me fez ver a empresária que posso ser ao terminar meu projeto “, afirma.

A analista Cláudia Baima afirma que a proposta é expandir a iniciativa. “O projeto tem a intenção de ser implantado em outras universidades, para ser apresentado como produto do Sebrae em parceria com a Uninorte. A nossa intenção é que surjam outras parcerias em conjunto.”


gow banner p20