Geral

Geral

Compem discute a transformação digital nas pequenas e médias empresas

A transformação digital nas pequenas e médias empresas foi o foco do reunião dos empresários que integram o Conselho de Micro e Pequenas Empresas (Compem), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), realizado, no dia 16 de setembro, em Natal, durante o Encontro Empresarial Brasil Alemanha.

O representante da FIEAC no Compem, o empresário do setor gráfico Leônidas Araújo, disse que entre tudo que envolve a digitalização, o maior problema é a questão da segurança digital. “Este é um assunto delicado que preocupa a todos os setores. Para digitalização, de um lado precisamos de ferramentas apropriadas, de outro precisamos da segurança dos dados”, afirmou.

Os debatedores explicaram que entrar de fato na era digital, hoje em dia, significa incorporar na operação das empresas, tecnologias recentes, como computação em nuvem, e-commerce, mobile marketing, inteligência artificial, machine learning e internet das coisas. “Há diversas formas de utilizar essas tecnologias para um aumento significativo de produtividade nas empresas. O ponto principal é não ignorar a digitalização das empresas e identificar rapidamente o impacto que novas tecnologias podem causar no negócio a médio e longo prazo”, explicou o CEO da Waelzhoiz, Hans-Toni Junius, que também falou que é necessária uma mudança na cultura empresarial para implantação da indústria 4.0.

A indústria 4.0 é considerada uma revolução no modelo de negócios que os empresários e trabalhadores estão acostumados. O debate mostrou que o que diferencia essa nova era é justamente o poder transformador que as tecnologias possuem. “Sabemos que há muito o que avançarmos, pois além de promover a digitalização em nossas empresas por meio de softwares e equipamentos, precisamos capacitar a mão-de-obra para atuar nesta nova realidade empresarial”, afirmou Leônidas Araújo (foto).

encontro002

COMPEM - O Conselho da Micro e Pequena Empresa da CNI atua sugerindo ações e estratégias, além de mobilizar esforços para o desenvolvimento das indústrias com este perfil. Uma das prioridades do Conselho é dar sustentação à Agenda de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas mediante temas e proposições que assegurem acesso a mercados, capacitação de recursos humanos, desenvolvimento tecnológico e inovação.


gow banner p20