Geral

Geral

Projeto de desenvolvimento do agronegócio é apresentado na Expojuruá

Antes mesmo da abertura oficial da Expoacre Juruá 2019, foi dado início na manhã desta sexta-feira, 29

, no Auditório Rio Juruá, localizado no próprio espaço da feira, ao ciclo de palestras, com uma apresentação do presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Tião Bocalom.

Com o compromisso de fortalecer a Emater e colocá-la com um papel estratégico dentro do projeto do governador Gladson Cameli de desenvolvimento do agronegócio para o Acre, Tião Bocalom apresentou o plano de ação para uma plateia de técnicos, produtores e gestores.

“Fui convidado pelo governador para colocarmos em ação o plano de trabalho de produzir e empregar, de tirarmos o Acre da economia do contracheque. Nossa missão é melhorar a vida das pessoas e nos tornarmos uma referência no apoio ao produtor rural para que ele tenha ganhos, produtividade e qualidade de vida”, conta Tião Bocalom.

Durante a palestra foi destacado que a abertura do Acre para o agronegócio não se dará exclusivamente pelo apoio do governo aos grandes produtores, mas, principalmente, pelo oferecimento de assistência técnica rural e fomento para pequenos e médios produtores da agricultura familiar.

Bocalom explicou que haverá todo um trabalho em conjunto entre os órgãos do governo estadual, com a Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) sendo responsável pelo planejamento e captação de recursos, a Emater garantindo assistência técnica, mecanização agrícola, aquicultura e açudagem; e a Companhia de Armazéns Gerais e Entrepostos (Cageacre) transportando, secando, armazenando e comercializando a produção.

O Acre tem cerca de 50 mil famílias morando na área rural do estado e o plano do governo é levar assistência técnica a pelo menos 90% dessas pessoas. Só para este ano estão garantidos R$ 3,6 milhões para a compra de insumos entre calcário e adubo para produtores, com valores muito maiores que serão aplicados a partir do ano que vem, além da contratação de técnicos para a Emater.

Ciclo de palestras

Além da diversão e negócios, a exemplo da Expoacre em Rio Branco, a Expoacre Juruá também será um lugar de palestras durante o dia, voltadas principalmente para os produtores rurais da região.

Entre outros temas, o Auditório Rio Juruá será palco sobre debates importantes voltados ao Acre se tornar estado livre de febre aftosa sem vacinação, reprodução bovina, produção de café, análise de solos, monitoramento de queimadas ilegais e outros temas.

Presente no evento, o secretário de Agricultura de Cruzeiro do Sul, Jenilson Maia destacou: “Eu estive em Rio Branco durante a Expoacre e vi a importância que o ciclo de palestras teve, unindo pessoas e dividindo conhecimentos em torno desse projeto de desenvolvimento do agronegócio para o Acre. Que seja um sucesso aqui também”.

Agência Notícias do Acre


gow banner p20