Geral

Geral

Após 1 semana fora, site volta a emitir DOF e madeireiras estimam prejuízo de mais de R$ 1 milhão no Acre

Depois de quase uma semana fora do ar, o site do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis

(Ibama) voltou a emitir o Documento de Origem Florestal (DOF) na tarde desta segunda-feira (29). O site ficou fora do ar desde a última terça (23).

A instabilidade no sistema afetou cerca de 16 madeireiras que estavam com caminhões parados, o que causou um prejuízo de mais de R$ 1 milhão. A informação é da presidente do Sindicato dos Madeireiros do Acre, Adelaide de Fátima Oliveira.

“Vai mais de R$ 1 milhão tranquilo. Quando se emite o DOF, o cara leva sete dias para chegar ao seu destino final e dar o aceito, a madeira chegou e recebe aquele crédito. Então, passou de sete dias trava a empresa. As empresas já estão travadas porque estão com uma nota só tirada e dentro dos pátios. Temos várias situações para resolver agora”, lamentou.

Ela acredita que vai levar mais de três dias para que o fluxo de saída dos caminhões volte ao normal.

“Graças a Deus começou a emitir. Eu ia sair daqui hoje à noite com o presidente do Imac para Brasília. A resposta saiu agora que começou a emissão, e está sobrecarregado. Vai levar uns dias para regularizar todas as carretas paradas, tanto as de saída de madeira como as de toras”, reforçou.

A assessora do gabinete do Ibama, Melissa de Oliveira Machado, falou que recebeu a confirmação da volta do sistema de Brasília (DF) durante à tarde. Segundo ela, o problema foi o rompimento de dois discos rígidos da base de dados do Ibama.

“Estávamos com quase todos sistemas inoperantes, mas já voltaram a funcionar”, acrescentou.

Portal G1/AC


gow banner p20