Geral

Geral

Parceria realiza trabalho de ressocialização de apenados

Uma parceria entre a Empresa de Extensão do Acre (Emater/Acre), o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e a Associação Floresta com Abelhas realiza, durante a Feira Agropecuária do Acre (Expoacre), um projeto de ressocialização dos apenados.

Ao todo são 25 pessoas estão aprendendo a trabalhar com a produção de mel. Como explica a extensionista da Emater Maria Edna Costa, há dois tipos de abelha, as com ferrão e as sem ferrão. “A diferença básica é que as sem ferrão são nativas, da floresta, enquanto as com ferrão foram introduzidas acidentalmente no Brasil”, explica.

A partir da parceria, logo após a feira serão ofertados cursos para os presos. Como explica o farmacêutico Artagnan Costa, membro da associação, os cursos serão oferecidos dentro da penitenciária com a finalidade de ensinar o manejo de abelhas. “Tudo isso para quando eles saírem terem uma profissão”, disse.

Ele também fez questão de agradecer o apoio do Governo do Estado, sem o qual não seria possível apresentar os trabalhos e os produtos que são confeccionados pela associação. Além do mel de abelha, há também o hidromel, um composto de água com mel que é fermentado. “Trouxemos ele aqui para a Expoacre, para que as pessoas possam saborear, como para vender também”, ressaltou.

O mel é um produto, segundo ele, que está em franca expansão no mundo todo e a parceria permitirá que os presos, tão logo cumpram suas penas, possam ter também uma profissão. “O mundo todo está interessado no negócio gerado pelo mel e também pela polinização”, disse.


gow banner p20