Geral

Geral

Pagamento de bolsistas do antigo Instituto Dom Moacyr já está sendo efetivado

Sem receber seus salários há alguns meses, os bolsistas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino

Técnico e Emprego (Pronatec) que trabalham no Instituto de Educação e Pesquisa Tecnológica (IEPETC), antigo Instituto Dom Moacyr (IDM), já estão com a situação financeira sendo regularizada desde o mês passado.

O anúncio foi feito pelo presidente do IEPETC, o engenheiro florestal Francineudo Costa, que mesmo tendo assumido a pasta recentemente, disse que regularizar o pagamento dos trabalhadores era uma de suas prioridades do governo Gladson Cameli, além do compromisso do próprio Instituto que é de oferecer uma educação técnica de qualidade para o Acre.

“Primeiro estamos fechando um ciclo dos meses mais atrasados até regularizarmos 100% dos pagamentos de todos os bolsistas do estado. Fizemos uma força tarefa para organizar a parte burocrática para regularizar a situação dos processos que estavam paralisados. Como o IDM tinha sido extinto não podia operar nada, até que fosse possível alterar nome e transferir o CNPJ. Depois que passamos por toda essa fase de organização, após a nova reforma realizadas pelo governo, focamos na regularização dos bolsistas e dos contratos. Desde então nossa equipe tem se debruçado nesta questão para realizar esses pagamentos de imediato”, destaca.

O salário dos bolsistas havia sido suspenso após a reforma administrativa, que acabou extinguindo o IDM, e as remunerações só poderiam ser realizadas por meio do CNPJ do antigo Dom Moacyr, tendo em vista que o pagamento dos bolsistas é feito por meio de um convênio entre os governos estadual e federal.

Francineudo destaca ainda que com a alteração na Reforma Administrativa, chamada “reforma da reforma”, aprovada no mês de maio na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), um esforço conjunto do governador Gladson Cameli para manter o equilíbrio fiscal do estado, foi possível reverter alguns impasses burocráticos e sanar o débito. Com salários entre R$ 1.720,00 a R$ 2.500,00, cerca de 300 bolsistas já receberam os salários atrasados de março e abril.

“Estamos colocando em dia todos os pagamentos atrasados dos bolsistas, que estavam há alguns meses sem receber. Um esforço conjunto para destravar os recursos e custear nossas despesas fixas”, pontua o presidente.

A estrutura do IEPTEC conta hoje com sete centros de ensino, sendo cinco em Rio Branco, um em Cruzeiro do Sul e um em Plácido de Castro, além de um núcleo em Tarauacá. Na capital estão localizados o Centro de Educação Profissional e Tecnológica em Serviços Campos Pereira, o Centro de Educação Profissional e Tecnológica de Gastronomia e Hospitalidade Miriam Assis Felício, e a Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha, Usina de Artes João Donato e Escola Florestal Roberval Cardoso.

Agência Notícias do Acre


gow banner p20