Geral

Geral

Governo lança 5ª edição da Mostra Viver Ciência

Com a presença de representantes dos mais diversos parceiros, o governo do Estado

, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), lançou na tarde de segunda-feira, 24, a 5ª edição da Mostra Viver Ciência, que este ano tem como tema “Biodiversidade: desenvolvimento e riqueza para a Amazônia”. A solenidade aconteceu no auditório da própria secretaria.

Este ano, a Viver Ciência, em Rio Branco, acontecerá entre os dias 22 e 24 de outubro no campus da Universidade Federal do Acre (Ufac). Em Cruzeiro do Sul, a 4ª edição da mostra ocorrerá nos dias 21 e 22 de novembro que, este ano, não será no campus do Instituto Federal do Acre (Ifac) devido a um sinistro ocorrido no mês de maio.

A novidade desta edição é que a mostra, em versão reduzida, chamada de Viver Ciência Itinerante, acontecerá pela primeira vez em diversos municípios, entre eles Assis Brasil, Feijó, Mâncio Lima, Rodrigues e Acrelândia. Antes, as edições eram realizadas, além de Rio Branco e Cruzeiro do Sul, apenas em Tarauacá, Sena Madureira e Brasileia.

mostra Mardilson Gomes webLançamento da Mostra Viver Ciência contou com a participação dos parceiros - Foto/ Mardilson Gomes

Na solenidade, o secretário Mauro Sérgio Cruz (SEE), fez questão de falar sobre a importância do evento, pois “envolve todas as escolas da rede”, desde o ensino fundamental I até o ensino médio. “É um momento em que os alunos colocam os seus conhecimentos em prática”, disse.

“Teremos a oportunidade de mostrar avanços no campo do desenvolvimento que possa preservar o meio ambiente, preservar as populações indígenas, procurando alternativas e os nossos jovens são muito criativos, basta dar uma ideia que eles a colocam para a frente”, afirmou o secretário.

Todos os parceiros do governo do Estado na realização da Mostra Viver Ciência são importantes e a professora Rosana Cavalcante, reitora do Ifac, lembrou que o instituto participa desde a primeira edição. “A gente não poderia deixar de estar presente, ajudando a popularizar a ciência porque a mostra é, para nós, um evento muito importante”, destacou.

Para a professora Rachele Nasserala, chefe do Departamento de Inovação da SEE, o Viver Ciência é um evento tão importante quanto a Expoacre “porque somente em Rio Branco, somente no ano passado, mobilizou mais de 30 mil pessoas”.

“E agora estamos expandindo para outros municípios que não têm condições de participar das atividades aqui na capital, pois é um evento que incentiva o conhecimento, envolvendo todas as suas áreas, desde o conhecimento científico até o conhecimento popular”, frisou.


gow banner p20