Esportes

Esportes

Ex-Seleção Brasileira de Kung Fu estreia no jiu-jitsu com ouro em Open Internacional no ES

Praticante de artes marciais desde os 12 anos e ex-atleta da Seleção Brasileira de Kung Fu, onde atuou por sete anos

e chegou a conquistar o terceiro lugar no Campeonato Mundial na China, em 2010, o acreano Jânio Lira, 38 anos, decidiu investir na carreira de lutador de jiu-jitsu.

Ele treina a arte suave há nove anos e nos dias 3 e 4 deste mês disputou pela primeira vez uma competição oficial da modalidade: o Vitória International Open IBJJF Jiu-Jitsu Championship. O torneio foi realizado em Vitória, capital do Espírito Santo, e Jânio Lira conquistou a medalha de ouro na categoria faixa marrom, peso médio, master 2.

O acreano, único representante do estado na competição, precisou vencer quatro lutas para conquistar a medalha de ouro. Ele diz que pretende iniciar uma nova história nas artes marciais, agora no jiu-jitsu.

– Quero fazer uma história dentro da arte suave. Incrivelmente estou redescobrindo nas lutas de grapiling (agarrado). Essa é literalmente uma outra perspectiva de combate. Onde as lutas de strike acabam, que é no solo, o jiu-jitsu começa. Sentir essa imensidão técnica é ampliar o sentido marcial possível, embora seja representado neste momento por uma competição que envolve uma variante de elementos tais como: regras, categoria de peso, faixa e idade – afirma.

Focado no jiu-jitsu, Jânio Lira diz que agora apenas repassa os ensinamentos que adquiriu no Kung Fu.

– Tenho muitos títulos em outras competições nacionais e internacionais (no Kung Fu). Meu último evento em competições (oficiais) foi o mundial que aconteceu em 2010 na China, onde fui bronze. Hoje só dou aula como personal e instrutor de defesa pessoal, seminário, aulão, etc. – finaliza.


gow banner p20