Esportes

Esportes

Fraude nos resultados futebolísticos espanhóis leva à prisão de jogadores brasileiros

Temos assistido, ao longo dos anos, a um sem fim de casos relacionados com fraude no mundo do desporto e, principalmente, no futebol.

A consciência relativa à manipulação de resultados no futebol tem feito com que vários casos e escândalos cheguem até à mídia desportiva. Na verdade, só nos três anos compreendidos entre 2008 e 2011, mais de três centenas de casos terão sido abertos para investigação quanto a jogos de futebol nos quais se acredita que possa ter existido ação fraudulenta.

Este tipo de manipulação tem várias razões para acontecer e diversas formas de se gerar, servido para dar lucros maiores a determinados grupos, que recolhem, deste tipo de ação, milhares de milhão de dólares através de manipulação de resultados desportivos.

A identificação das ações fraudulentas nem sempre é fácil. Com milhares de jogos de futebol a ocorrer semanalmente e havendo uma clara camuflagem deste tipo de ação, torna-se complicado identificar a existência de manipulação de resultados.

Ainda assim, as lógicas económicas, a par com o crescente mercado das apostas desportivas convencionais e das apostas desportivas online tem feito com que se comece a prestar mais atenção aos resultados e à potencial fraude que os permeia.

Este ano, alguns jogadores brasileiros sofreram as consequências da manipulação desportiva na competição espanhola.

Fraude nos resultados da liga espanhola

Em Maio de 2019, a análise de uma potencial fraude nos resultados de jogos de futebol espanhóis, levaram à detenção de vários jogadores da liga, incluindo Raúl Bravo, o antigo jogador do Real Madrid.

As acusações levadas a cabo sobre os 11 detidos neste caso focavam a manipulação de resultados visando a obtenção de lucros mediante a colocação de apostas certeiras em apostas desportivas.

Segundo as fontes oficiais, os detidos neste caso espanhol estavam sob a acusação de forjar vários jogos na primeira, na segunda e na terceira divisão do futebol espanhol. Esta manobra de manipulação teria sido feita a par com os jogadores.

Os detidos são, assim, acusados de corrupção e de lavagem de dinheiro no meio desportivo.

Outras formas de corrupção no futebol

A corrupção no meio do futebol internacional, no entanto, não passa apenas pela resposta dos jogadores e a sua ação em campo, para garantir os resultados desejados. Embora o mais comum seja o suborno de alguns dos jogadores da equipa (frequentemente pagos para perder o jogo), esta nem sempre é a forma de ação de quem quer adulterar os resultados de um determinado jogo ou partida.

Muitas vezes, envolvidos nos escândalos da corrupção futebolística, encontramos outros elementos de jogos, como acontece frequentemente com os árbitros.

A luta contra a corrupção no futebol - em todas as suas formas – é uma das maiores preocupações atuais da FIFA, que continuamente aplica novas políticas que visam a dissolução do problema.

Esta procura por alternativas que ajudem a minorar (e excluir) a fraude no futebol é contínua, embora os especialistas tenham dúvidas de que seja possível dissolver por completo a corrupção no meio desportivo.


gow banner p20