Cultura

Cultura

Oficina de dança-teatro tem vagas para pessoas com deficiência

“O Corpo Incluso na Cena” é o nome dado a uma oficina de 40h que deve iniciar pessoas com deficiência na dança contemporânea.

O projeto ocorre nas sextas-feiras de 9 de agosto a 29 de outubro, das 8h às 10h30, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

As inscrições estão abertas até o dia de abertura das aulas e devem ser feitas exclusivamente pelo telefone (68) 9.9978-2872, em horário comercial, até o preenchimento das 25 vagas disponíveis à comunidade.

Mestrando em Artes Cênicas pela federal do Acre e militante dos Direitos Humanos, o professor Christian Moraes é o responsável pela oficina, que, após aprovação por meio de edital público, foi financiada pelo Fundo Municipal de Cultura (FMC) da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

Inclusão social pela arte-educação

O processo de ensino invoca o legado da alemã Pina Bausch, coreógrafa, dançarina, pedagoga e diretora de balé, e do estadunidense Steve Paxton, pai do estilo de Contato Improvisação concebido na década 1970.

A combinação é estratégica para promover uma experiência orgânica no aprendizado entre aluno e educador. Ambos interagem num cenário livre de padrões onde um investiga o outro, de forma colaborativa, para a construção de partituras.

Assim como Bausch e Paxton, Christian Moraes acredita que a expressão corporal é para todos. E que o mergulho nas questões sociais também alimentam o imaginário artístico na composição de um espetáculo cênico de dança.

“O intuito é criar um espaço de reflexão sobre o corpo deficiente na arte, estimulando a inclusão dos indivíduos em novas estruturas corporais pela dança contemporânea e pelo circo, com estética e personalidade própria”, explica o professor.


gow banner p20