Cultura

Cultura

Mesmo com críticas a 'Juntos e shallow now', Paula Fernandes lança DVD: 'Só vi pontos positivos'

Desde que anunciou, em maio, que faria uma versão brasileira de “Shallow”, música de Lady Gaga para o filme “Nasce uma estrela”, Paula Fernandes recebeu críticas antes mesmo de mostrar o resultado da canção; virou meme assim que divulgou que o refrão uniria o título da música em português “Juntos” com o trecho em inglês “Shallow Now”; defendeu a licença poética no lugar do sentido do refrão "juntos e shallow" ("raso" em inglês); perdeu seu Bradley Cooper dias antes da gravação do DVD e, em um vídeo, anunciou que Luan Santana, responsável pela parceria na versão, não estaria presente no registro ao vivo.

Agora, dois meses após o início de toda essa saga, a cantora lança o DVD “Origens”, no qual canta “Juntos” com os fãs, e diz que só “só viu pontos positivos” em toda a polêmica.

“Senti uma comunhão muito grande, uma união muito grande, pela força da própria música e eu sinceramente não encarei isso como negativo. Talvez pela minha maturidade ou porque simplesmente a música é tão poderosa, que nada pode ser maior do que a própria canção”, diz.

Antes da entrevista, a assessoria pediu para que não fossem feitas perguntas envolvendo Luan Santana, que gravou a parceria em "Shallow", mas não foi à gravação do DVD.

Mesmo assim, o G1 questionou o motivo de a faixa com Luan continuar nas rádios, e não a versão do novo álbum, em que o público canta.

"A música é eterna, está eternizada com parceria", disse Paula sobre a continuidade na execução da faixa.

Além de “Juntos e Shallow Now”, Paula falou também sobre maturidade e planos de gravar com cantoras do "feminejo".

Leia o resumo da entrevista.


gow banner p20