Cultura

Cultura

Junina Pega-Pega é a grande campeã do Circuito Junino de Rio Branco

Circuito Junino de Rio Branco é marcado por uma grande competição entre os 10 grupos quadrilheiros

Clássicos do forró, assim como a história desse ritmo autenticamente brasileiro feito para todos, consagrou a Junina Pega-Pega a grande campeã do Circuito Junino de Rio Branco 2019, promovido pela Prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), e Liga de Quadrilhas Juninas do Acre (Liquajac). O resultado foi divulgado na noite de domingo, 14, último dia do evento, realizado na Casa da Cultura – Quadrilhódromo.

Em seu casamento, o grupo contou a história da filha de um coronel que não sabia dançar forró, até conhecer um pretendente que era pé de valsa. Já nas danças, a Pega-Pega inovou ao levar o tradicional Cangaço. Além disso, brilhou com um figurino laranja neon, que se destacou na arena dos folguedos.

A marcadora e representante do grupo, Nathy Lima, contou que a junina não é campeã desde 2011, e que para conseguirem levar o espetáculo ao público, tiveram muito trabalho e noites mal dormidas produzindo e ensaiando.

“A emoção é grande, pois foi um trabalho em conjunto, feito por muita gente. O coração fica a mil, pois é o reconhecimento de que o que fizemos foi bem feito. Neste ano, nossos maiores agradecimentos vão para a Prefeitura de Rio Branco, que possibilitou que nosso show continuasse”, destacou Nathy.

O Circuito Junino de Rio Branco é marcado por uma grande competição entre os 10 grupos quadrilheiros. Cada junina leva para a Arena dos Folguedos uma temática diferente. Ao todo, são 50 minutos de apresentação, cada, sendo divididos em casamento e dança.

Todos os grupos participantes receberam um prêmio de participação, no valor de R$ 1,5 mil, cada. Além disso, a Prefeitura de Rio Branco também concede o prêmio extra para os cinco primeiros lugares. São eles: Junina Pega-Pega (R$ 2,8 mil e troféu); Junina Matutos na Roça (R$ 2 mil e troféu); Junina Malucos na Roça (R$ 1,5 mil e troféu); Sassaricano na Roça (R$ 1 mil e troféu); e Assanhados na Roça (R$ 900 e troféu).

O evento também premiou as categorias de Melhor Marcador, Ator/Atriz Destaque, Melhor Noivo de Casamento, Melhor Noiva de Casamento, Melhor Noivo Dançante, Melhor Noiva Dançante, Casal Caipira, Rainha da Diversidade e Casal Caipira Mirim.

O presidente da Liquajac, Jimy Lima, frisou que a organização e os grupos juninos da capital estão realizados em terem tido a oportunidade de promover mais uma edição do Circuito. “Queremos agradecer a prefeita Socorro Neri, que é essa amiga da cultura e se sensibilizou com o nosso movimento. Neste ano, nossa felicidade é em dobro, pois pudemos fazer o evento e ainda receber nosso espaço, que é o Quadrilhódromo”, disse.

Sobre o Quadrilhódromo

Destinado ao movimento junino da cidade, a Casa da Cultura – Quadrilhódromo, foi entregue ainda na segunda etapa do Circuito Junino de Rio Branco, pelas mãos da prefeita Socorro Neri.

O espaço, localizado ao lado do estádio Arena da Floresta, na Avenida Amadeo Barbosa, é fruto de emendas parlamentares dos ex-deputados federais Léo de Brito e Major Rocha, e do senador Sérgio Petecão, e contou com um investimento de mais de R$ 550 mil.

O local faz parte do completo Arena Rio Branco, que é composto, ainda, por uma pista de caminhada. De acordo com o presidente em exercício da FGB, Erick Caniso, o espaço será para uso muito além da junina: “O Circuito Junino 2019 consagrou o Quadrilhódromo como um lugar de reunir a cultura junina. A partir de agora, temos um espaço que podemos trazer os mais diversos segmentos de cultura para promoverem seus eventos aqui”, frisou.


gow banner p20