Cultura

Cultura

Liga de Quadrilhas Juninas considera novo quadrilhódromo a realização de um sonho

Há 19 anos a Liga de Quadrilhas Juninas (Liquajac) realiza o trabalho de organização das quadrilhas juninas do Acre.

Um movimento que reúne a juventude das diversas comunidades e a envolve numa das manifestações culturais mais tradicionais do país. Nesta sexta-feira (05), o segmento está em festa com a entrega do novo quadrilhódromo inaugurado pela Prefeitura de Rio Branco junto com o espaço Arena Rio Branco.

“É a realização de um sonho que estamos realizando mais uma vez, que é ter um quadrilhódromo. Já tivemos um, mas com o tempo se desgastou e caiu e agora a prefeita Socorro Neri está tendo a oportunidade de nos ajudar, nos entregando esse espaço todo com cobertura metálica e na alvenaria que vai durar para a vida toda.”, disse Jimy Lima, coordenador da Liquajac.

Ao todo, a Liga trabalha com 22 quadrilhas juninas no Acre. São 10 filiadas em Rio Branco e as demais em outros municípios do interior e além do trabalho realizado. Jimy Lima relata que existe também um trabalho social realizado junto aos participantes.

“Nós já tiramos muita gente das drogas. Antes, as coisas eram feitas de qualquer jeito e diziam que quadrilha junina era coisa de gay, sapatão e cachaceiro por isso decidimos nos organizar e hoje, graças a Deus, superamos muita coisa e a as se preparam e superam a cada ano para que possam dar um show para o público.”, disse Jimy Lima.

E não para por aí. O presidente da Liquajac anunciou que existem pretensões futuras. “Nosso evento já está no calendário municipal mas queremos que seja um evento nacional como o Boa Vista Junino, os festivais de Brasília e o Ceará Junino, então a gente quer que seja para os quadrilheiros, para a comunidade, para a população de Rio Branco. O que a gente vê é um espaço muito bonito.”, avaliou.

Jimy disse ainda que pretendem se articular junto à bancada federal para obter recursos de emendas parlamentares que possibilitem a constrição da segunda etapa da Casa de Cultura, que inclui salas e outros ambientes.

Após a inauguração, aconteceu no local a segunda etapa do 13º Circuito Junino de Rio Branco, com a apresentação das dez quadrilhas inscritas. Na programação houve ainda a realização de brincadeiras e barracas com comidas típicas, entre outras atrações.

A população poderá contar com uma linha de ônibus com saída do Terminal Urbano para o Arena Rio Branco que fica ao lado do Arena da Floresta, na Avenida Amadeo Barbosa fim final de semana e no próximo, dias 12, 13 e 14 de julho, quando acontece a terceira e última etapa do Circuito.

PAG 10 1

“Tudo pronto!”, confere a prefeita Socorro Neri

O espaço Arena Rio Branco, incluindo a Casa de Cultura Quadrilhódromo, uma academia popular ao ar livre e uma pista de caminhada revitalizada e sinalizada, foi inaugurado na noite desta sexta-feira (05).

Na noite de quinta-feira (04), a prefeita Socorro Neri esteve no local conferindo os últimos preparativos.

“Está tudo encaminhado. É um espaço muito bacana para a cidade de Rio Branco. Um presente para o Segundo Distrito que tinha somente o Parque Chico Mendes e agora passa a contar também com essa área aqui para suas atividades culturais, esportivas, lazer.”, disse a prefeita.

Socorro Neri adiantou ainda que a ideia é de que, nos finais de semana, a área seja fechada para o transito e se torne um espaço seguro de atividades para a família inteira.

“Crianças até as pessoas da terceira idade também poderão realizar suas atividades aqui. Nós queremos que toda a população utilize este espaço. Tanto as quadrilhas, que fazem esta manifestação cultural tão bonita e possam fazer aqui ensaios e apresentações, quanto as pessoas que praticam esporte. Os que fazem corrida, caminhadas e o pessoal do ciclismo também vai poder usar em competições e treinos.’, comentou a prefeita.

A pista de corrida e caminhada tem a extensão total de 1.100 metros, sendo 550 metros num sentido e 550 no outro e vai do quadrilhódromo até a rotatória da Avenida Amadeo Barbosa.

Os recursos investidos, no valor de mais de R$ 550 mil, são fruto de emendas parlamentares dos ex-deputados federais Léo de Brito e Major Rocha, do senador Sérgio Petecão e outra parte do próprio Município.

Um dos usuários da pista, o professor Valdir Ferreira, que pratica corrida na pista da Amadeo Barbosa há dois anos, disse que a revitalização era necessária. “Estava precisando tanto da iluminação, quanto do que foi feito na pista. Nós só temos a agradecer pelo espaço para que possamos manter a prática esportiva e com isso uma vida mais saudável.”, disse.


gow banner p20