Cidade

    Prefeitura leva atendimento para a comunidade do Tancredo Neves

    Para atendimento exclusivo à população da regional Tancredo Neves,

    que envolve 22 bairros da Capital e três polos agroflorestais, a Prefeitura de Rio Branco levou, neste sábado (20), dez profissionais médicos e outros 160 servidores do Município para realização de dezenas de serviços em mais uma edição do programa Prefeitura na Comunidade. O projeto aconteceu neste sábado, 20, na Escola Elozira dos Santos Tomé, localizada no começo da Estrada de Porto Acre.

    A prefeita Socorro Neri avalia como positivo o saldo da ação e afirma o compromisso e boa vontade em servir à população. “São serviços que a comunidade já tem acesso no dia-a-dia nas unidades do Município, mas aqui é um dia especial em que o atendimento é facilitado e o Poder Público fica mais próximo de quem realmente precisa, de quem não tem condições de ir em busca dos atendimentos que necessita. Estamos aqui na comunidade para atender da melhor forma possível. Todas as equipes das secretarias estão envolvidas, assim como seus secretários. Somos um gestão coesa e unida, sempre trabalhando em prol do bem coletivo.”, disse ela.

    O governador Gladson Cameli compareceu ao evento, segundo ele, com objetivo de conhecer o programa da Prefeitura de Rio Branco. “Esse modelo certamente serve de exemplo para todas as Prefeituras do Estado. Eu fiz questão de estar presente aqui para ver em que momento o Estado pode também colaborar. Por isso quis ver de perto para cooperar com a Prefeitura de Rio Branco e com as demais Prefeituras. Nós temos que estar é unidos para que o Executivo, o Poder Público chegue ao cidadão o quanto antes para facilitar a vida de todos.”, enfatizou o chefe do Executivo Estadual.

    A comunidade agradece

    O presidente da Associações de Moradores do Bairro Tancredo Neves, Antônio Oliveira confirmou a necessidade deste tipo de ação. “É um dia muito importante. Estamos vendo a movimentação da comunidade, o povo da regional vindo para ser atendido, então é uma ação que requer nosso reconhecimento porque, como estamos vendo aqui, as pessoas precisam disso e nós só temos a agradecer à Prefeitura.”, destacou.

    Consultando o filho, um bebê de oito meses, a jovem Íris Alves, de 18 anos, elogiou o atendimento. “Estou achando muito bom. Já aproveitei para me consultar também e aqui é mil vezes mais fácil do que a gente ter que levantar de madrugada para ir pegar ficha no posto e aqui fui bem atendida. É uma boa ideia da Prefeitura.”, comentou.

    Aos 65 anos, a senhora Raimunda Nonata, do bairro Alto Alegre, estava feliz com a oportunidade. “Desse jeito é muito mais fácil pra gente que trabalha na semana e não tem tempo de ir nos postos. Aqui já ajuda muito”, disse.

    Image
    Image