Geral

    Internado há cinco dias, idoso de 81 anos diagnosticado com Covid-19 tem alta no AC: ‘Curado’, diz médico

    Manoel Silva estava internado desde o domingo (22) na UPA do 2º Distrito de Rio Branco. Idoso saiu do hospital nesta sexta (27)

    O idoso Manoel José da Silva, de 81 anos, que estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito de Rio Branco, desde o domingo (22), com Covid-19, recebeu alta médica nesta sexta-feira (27). Segundo os médicos, o idoso está curado e vai ficar em casa com a família.

    O idoso é dono de uma cooperativa no Acre. Ele estava em observação na UPA e tinha o quadro de saúde estável. A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) disse, logo após a internação, que a medida foi tomada devido ao idoso ser do grupo de risco.

    O G1 não conseguiu contato com a família do paciente.

    O gerente de assistência da UPA do 2º Distrito, Eliatan Nogueira, confirmou que o paciente resistiu bem ao tratamento feito com alguns antibióticos. Ele também falou que Silva foi internado após quase sete dias depois de sentir o primeiro sintoma da doença.

    Foi Nogueira quem deu alta para o idoso e a notícia de que ele iria para casa nesta sexta.

    “É um paciente de 81 anos e a internação dele foi mais por conta de ser do grupo de risco, porém, fizemos todo tratamento, toda cobertura com antibióticos e ele passou seis dias internado. Está curado, já saiu da fase de risco, que são os primeiros 14 dias, está bem e não precisa fazer mais nada. Está de alta e curado”, reforçou.

    O médico também comemorou a recuperação do idoso, que representa uma vitória para a medicina. Nogueira disse ainda que uma equipe da Vigilância Epidemiológica vai continuar acompanhando e orientando os parentes sobre a saúde do idoso.

    “Tudo ainda é muito novo, mas não há casos em que a pessoa pega a Covi-19 mais de uma vez. Uma vez, nosso organismo de defesa já copia o RNA e a pessoa não pega de novo. É uma vitória para o Acre, o primeiro paciente internado, principalmente do grupo de risco, está liberado”, concluiu.

    Internações

    A advogada Isabella da Silva, de 37 anos, segue internada com pneumonia viral. Ela foi internada um dia depois do idoso, na segunda (23), na Unimed. A unidade de saúde chegou a divulgar um boletim médico sobre a situação da paciente após diversas fake news invadirem as redes sociais.

    Isabella está entre os primeiros três casos de Covid-19 confirmados no Acre. Ela contraiu a doença em Fortaleza. Desde o diagnóstico, Isabella estava em isolamento domiciliar, mas o agravamento do quadro fez com que ela fosse internada.

    Image
    Image