Esportes

    No Mundial de Handebol Juvenil defendendo o Brasil, acreano destaca: “Sensação muito incrível”

    Um sonho se realizando. Convocado para defender a Seleção Brasileira de Handebol Juvenil no Campeonato Mundial

    que está sendo disputado na Macedônia, o acreano josé Luciano Costa e Silva, 19 anos, vive um momento especial. O jovem que saiu do município de Rodrigues Alves, no interior do Acre, a 627 km de Rio Branco, capital do estado, para tentar vencer no esporte, está dando passos importantes para alcançar os objetivos traçados para a carreira.

    Através de um vídeo feito na concentração da seleção, o armador fala sobre a oportunidade de defender o país na competição mais importante da categoria.

    – É uma sensação muito incrível participar de um campeonato como esse, eu saindo lá do interior do Acre e vindo parar aqui na Seleção Brasileira. Mesmo sendo juvenil é muito bom, extremamente gratificante. Gostaria de agradecer as pessoas que me proporcionaram chegar até aqui – afirma.

    Até esta quinta-feira (8), a equipe brasileira entrou em quadra duas vezes e acabou derrotada. Na estreia, revés para a Sérvia. Na segunda rodada, derrota para a Islândia. Coincidentemente, os dois resultados negativos foram por placares iguais: 26 a 30. Com ainda mais três compromissos no grupo D na primeira fase, contra Tunísia, Alemanha e Portugal, os garotos do Brasil vão precisar vencer se quiserem ir às oitavas de final.

    Na mensagem de vídeo, Luciano destaca que a equipe está focada na recuperação e pede o apoio da torcida brasileira.

    – A gente acabou perdendo os dois primeiros jogos e tá buscando ganhar os próximos para chegar numa boa colocação. A gente conta com a torcida de todos porque é essencial a torcida do Brasil. A gente está representando todos os brasileiros e gostaria de pedir a torcida de vocês. Muito obrigado pela compreensão, pela ajuda de todos e pela torcida – conclui.

    O Brasil volta à quadra nesta sexta-feira (9), contra a Tunísia. Neste sábado, a seleção encara a Alemanha, e fecha a participação na primeira fase na segunda-feira (12), contra Portugal.

    Globoesporte.com/ac

    Image
    Image