..::data e hora::.. 00:00:00

Esportes

Após vitória nos pênaltis, técnico do Galvez celebra classificação e elogia rival: “Não foi fácil”

Zé Marco vê time no 1º tempo ‘muito abaixo’ diante do Plácido de Castro, mas destaca atuação do 2º tempo e gol de empate no fim. Imperador venceu por 5 a 3 nas penalidades, nesta quinta

Rio Branco, AC - O Galvez venceu o Plácido de Castro nas penalidades por 5 a 3, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar e garantiu vaga na final do primeiro turno do Campeonato Acreano, nesta quinta-feira (12), na Arena Acreana, em Rio Branco (AC). Após sair atrás do marcador, o Imperador só conseguiu levar a decisão para os pênaltis, depois que o atacante Adriano empatou a partida, aos 45 minutos do segundo tempo.

Para o técnico Zé Marco, o Galvez teve uma atuação apagada no primeiro tempo, onde o Plácido de Castro dominou grande parte das ações. Na etapa final, mesmo sofrendo um gol logo no início, o treinador acredita que o empate no minuto final da partida foi merecido, já que o Imperador conseguiu envolver o Tigre do Abunã e criar chances de gols.

- Não foi fácil, como nós imaginávamos que não seria. O que eu não imaginava era um primeiro tempo muito abaixo, a gente imaginava um jogo equilibrado nos 90 minutos, porém o Plácido de Castro no primeiro tempo, dentro da proposta deles, foram superiores. Vieram com a proposta da bola longa e adiantar pra cima da bola, eles têm um número 9 (Wanderson) muito forte na frente e nosso time muito inseguro no primeiro tempo. No segundo tempo sim, nós conseguimos rodar a bola de um lado para o outro, criar situações, metemos bola na trave, fomos premiados com empate no último minuto de jogo - disse em entrevista à Rádio EcoAcre FM.

Com a vitória, o Galvez vai encarar o Atlético-AC, que bateu o Humaitá por 2 a 0, na final do primeiro turno do Campeonato Acreano, no próximo domingo (15), às 16h (do Acre), no estádio Florestão, na capital do Acre.

Image
Image

logo news2