“Confio na justiça”, diz José Alex sobre Habeas Corpus negado pelo Tribunal de Justiça

Ex-deputado federal José Alex foi condenado a 13 anos de prisão – Foto: Ac24horas

O ex-deputado federal José Aleksandro da Silva, conhecido como José Alex, teve negado pelo Tribunal de Justiça de Habeas Corpus com pedido de liminar impetrado por seus advogados para impedir uma possível prisão.

É que José Alex foi condenado a 13 anos de prisão por ter falsificado o certificado de um curso que aconteceu em Brasília no ano de 1999 com o objetivo de receber as diárias. Neste período, Alex era vereador em Rio Branco.

No pedido de liminar de Habeas Corpus os advogados Valdir Perazzo e Bruno Mascarenhas Braga apresentaram um cálculo da prescrição da pretensão executória do Conselho Nacional de Justiça para justificar o salvo conduto e comprovar que o cumprimento da pena está prescrito.

Mesmo assim o desembargador Elcio Sabo Mendes, relator, indeferiu o pedido de liminar. Agora, o mérito vai ser julgado pela Câmara Criminal do TJ.

José Alex falou ao ac24horas e se disse tranquilo e confiante na justiça. “Afirmo com certeza que está prescrito, pois se já tivessem julgado nosso recurso teriam verificado a prescrição. Continuo serenamente acreditando na justiça de meu país. Acredito também em uma frase de Rui Barbosa que diz: Onde quer que haja um direito individual violado, há de haver um recurso judicial para a debelação da injustiça; este, o princípio fundamental de todas as Constituições Livres”, afirmou José Alex.

Ac24horas.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *