Taxista é encontrado morto a tiros e com as mãos amarradas

Anderson Martins do Nascimento, de 29 anos, foi encontrado morto – Foto: Divulgação Internet

O taxista Anderson Martins do Nascimento, de 29 anos, foi encontrado morto na madrugada deste sábado (15) no logradouro Floresta Sul, Ramal do Sinteac, em Rio Branco. Nascimento, segundo a polícia, foi atingido por pelo menos cinco disparos e estava com as mãos amarradas quando foi achado. O carro da vítima não foi encontrado.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e para ser liberado aos familiares. O G1 tentou falar com parentes de Nascimento que estavam no órgão, mas ninguém quis comentar o ocorrido.

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar do Acre (BPM), tenente-coronel Giovane Galvão, disse que o crime tem um típico cenário de execução.

“A polícia foi atender a ocorrência por volta das 3h, provavelmente o crime tenha ocorrido perto desse horário. Quando a guarnição chegou ele tinha acabado de ser assassinado. Populares ouviram os disparos e ligaram para o 190. Teve também um policial nosso que estava voltando para casa e avistou o corpo do rapaz ao chão”, disse Galvão.

O comandante disse ainda que a vítima tinha várias perfurações de arma de fogo pelo corpo. “Ele foi atingido na face, braços, pescoço, tórax e nas costas. Especula-se que este rapaz tinha ligação com facções e que fosse uma pessoa marcada para morrer, mas isso é algo que ainda vai ser investigado e apurado. Essa informação chegou para a gente através da comunidade, mas nós ainda não temos provas disso”, finalizou.

Portal G1/AC