Professor baleado na cabeça em tentativa de assalto ainda está em estado grave

Leandro Chaves – Ainda é grave o estado de saúde do professor Antônio Carlos de Souza, de 32 anos, baleado na cabeça em tentativa de assalto na última sexta-feira, 9, perto de um balneário na BR-364, na Via Verde, em Rio Branco. A vítima continua internada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Segundo a esposa Edicléia Miranda, o quadro se mantém estável.

Antônio voltava em uma motocicleta de um planejamento escolar quando foi abordado pelos bandidos – Foto: Folha do Acre

“Ele não melhorou, mas também não piorou. Estamos esperando uma melhora para tirar o sedativo e ver a reação dele, se vai abrir os olhos, conversar, nos responder. Estou muito confiante, pois até a medicação que ele estava tomando para manter a pressão alta e o sangue circulando no cérebro já foi reduzida duas vezes e ele reagiu muito bem”, afirmou Miranda, em entrevista a um site de notícias local.

Antônio voltava em uma motocicleta de um planejamento escolar na Cidade do Povo quando foi abordado por dois homens, que anunciaram o assalto. Segundo informações, ele teria reagido e, por isso, foi baleado. Os assaltantes levaram a carteira e o veículo do professor, que, mais tarde, foi deixada na Via Verde.

Mais de 60 pessoas se reuniram em um protesto no sábado, 10, em frente ao Pronto Socorro, para protestarem contra a violência que castiga os acreanos. A polícia ainda procura pelos criminosos.